quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

HISTÓRIA ILUSTRADA DE ARAÇARIGUAMA



APRESENTAÇÃO

         Foi na primeira metade da década de 1970 que estive em Araçariguama pela primeira vez. Eu e minha esposa acompanhava-mos o Reverendo Willes Banks Leite, à época pastor da Igreja Presbiteriana de Alumínio.
         No então distrito pertencente ao município de São Roque morava uma família interessada no Evangelho  e esse era o motivo da estadia do pastor naquela localidade. Nós, como outros companheiros da igreja fomos muitas vezes lá, até que a família se mudou para São Roque e foi integrada ao trabalho presbiteriano naquela localidade.
         Naqueles tempos ainda não havia o acesso asfaltado de São Roque à Rodovia Castelo Branco, inaugurada em 1968. A ligação entre as duas localidades era feita por uma estrada vicinal, sinuosa e com muita poeira (ou lama nos dias chuvosos).
         No início da década de 1990, por motivos profissionais frequentei Araçariguama, ainda Distrito de São Roque, quando então conheci as indústrias situadas entre a Castelo Branco e o Rio Tietê. Desde então, tenho acompanhado  as notícias a respeito da cidade através da mídia, em especial por causa do esporte, o qual tem divulgado bastante a cidade.
         Como fiz com outras cidades da região, achei por bem reunir informações sobre o Município de Araçariguama numa postagem no meu blog. Ela poderá ser enriquecida a qualquer tempo, à medida que encontre novas informações.

HISTÓRIA

Em 1590, o mameluco Affonso Sardinha, conhecido como Capitão-Mor de São Paulo de Piratininga registra ter encontrado ouro de lavagem nas proximidades do Morro do Vuturuna, sendo este o marco histórico da formação de Araçariguama.
Em 04 de Dezembro de 1605 Affonso Sardinha ergueu uma capela aos devotos de Santa Bárbara (sendo ela a protetora dos mineiros e dos militares) ao pé do Morro do Vuturuna; nos arredores do local hoje conhecido como Morro do Cantagalo, onde se descobriu um vasto veio aurífero em Araçariguama,
Entre 1625 e 1640, com a dispersão e fixação dos fazendeiros e bandeirantes de Santana de Parnaíba por áreas próximas, principalmente às margens do Rio Tietê, muitos desses bandeirantes paulistas aqui se fixaram, (sempre em função da exploração aurífera) inclusive na Fazenda Novo Horizonte, onde atualmente funciona o Restaurante Casarão 54, mantendo até hoje o estilo arquitetônico intacto.


Em 1648 foi edificada a Capela de Nossa Senhora da Penha, onde Gonçalo Bicudo Chassin deu início ao vilarejo que mais tarde se tornaria o povoado de Araçariguama, sendo construída em taipa de pilão.
Em 1653 a capela foi elevada à condição de paróquia e hoje é a matriz do município e foi uma das mais importantes do território, então pertencente à vila de Parnaíba.
A igreja localiza-se na área central do município e nas proximidades do Morro do Vuturuna, onde outrora se encontravam os principais veios auríferos de São Paulo, explorado por Affonso Sardinha, já em 1590.
Entre 1650 e 1653 foi construída em parte da Fazenda Araçariguama, adquirida pelo Capitão-mor, Guilherme Pompeu de Almeida, a Capela de Nossa Senhora da Conceição; nas proximidades do Ribeirão do Colégio, onde hoje esta localizada o Bairro do Rio Acima, constituindo-se no decorrer do tempo na mais importante edificação religiosa em território araçariguamense, principalmente pela notoriedade e respeito da família que mandou construí-la, pois detinham posses em toda a região que ia de São Paulo às Minas Gerais. 
Em 1688 foi edificada pelo Padre Guilherme Pompeu de Almeida, a capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição tendo sido construída para atender as atividades religiosas dos administradores e escravos das fazendas da família, local hoje conhecido com Sítio dos Barboza.
Em 12 de fevereiro de 1844 através da lei nº. 10 Araçariguama foi desanexada de Santana de Parnaíba e incorporada à Vila de São Roque onde se tornou freguesia, com a mesma denominação.
A partir de 16 de Abril de 1874 através da lei nº. 43, foi elevada a categoria de município desmembrando-se de São Roque. Não obtendo autonomia administrativa, como ocorrera em Santana de Parnaíba, sofreu um processo de estagnação Político-administrativa.
Em 1926, a empresa “Saint George Gold Mine”, obteve direito de exploração da Mina do Ouro de Araçariguama, de onde saíram aproximadamente 45 kg de minério em media por mês. Nesta mesma data foi construída a sede da Casa da Fazenda São José, hoje sede da Fundação Antonio Antonieta Cintra Gordinho em Araçariguama.


Em 1934 através de Decreto Presidencial, o Presidente da República Getúlio Vargas decide lacrar a Mina do Ouro de Araçariguama, por desvio de minérios, sendo que neste mesmo ano por decreto Estadual Araçariguama foi reduzida à condição de Distrito de Paz de São Roque.
Em 1962 foi construída a Rodovia Castelo Branco no governo Ademar de Barros. Na época, a rodovia era denominada “Auto-Estrada do Oeste”. Sua função seria abrir um novo caminho em direção a Mato Grosso e Paraná, sendo considerada nesta década a maior rodovia da América Latina, o que trouxe ares de progresso e esperança de desenvolvimento para o então Distrito de Araçariguama.
Em 1991 graças aos emancipadores liderados por Severino Alves Filho (Paraíba), Araçariguama reconquista sua autonomia Politico-Administrativa. Obedecendo ao plebiscito realizado em 19 de Maio de 1991, o então Governador do Estado Luis Antonio Fleury Filho assina a Lei Estadual de nº. 7.665/91 que reconduz Araçariguama a condição de município emancipado, marcando-se eleições para 3 de Outubro de 1992. Em 1º de Janeiro de 1993, toma posse como 1º Prefeito de Araçariguama o Sr. Severino Alves Filho, sendo substituído pelo Sr. Moysés de Andrade que cumpriu seu mandato de Janeiro de 1997 a Dezembro de 2000. 

Em janeiro de 2001 assume a Prefeitura o Sr. Carlos Aymar, sendo reeleito para o segundo mandato em outubro de 2004, do qual se afastou em 31 de março de 2008, assumindo o Vice-prefeito Sr. Raul Ribas, que administrou até 31 de Dezembro de 2008.
Nesse período a cidade passou por várias transformações, como: a vinda de indústrias, a implementação de novos comércios, revitalização da área central.
A partir de 1º Janeiro, assume a prefeitura o Sr. Roque Normélio Hoffmann, com mandato vigente para 2009/2012.


INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS


 Cidade de Araçariguama


Bandeira do Município


Unidade Federativa: São Paulo
Macrorregião Metropolitana Paulista
Microrregião: Sorocaba
Região Metropolitana: Sorocaba
Municípios limítrofes: Cabriúva, Itu, Pirapora do Bom Jesus, Santana do Paranaíba e São Roque.
Distância da capital: 54 km.
Área: 146,331 k²
População: 17.085 habitantes.
Densidade demográfica: 116.76 hab/km²
Altitude: 695 metros.
Pib: R4 1.467.906,650 mim.
Censo IBGE 2010.

 
ASPECTOS POLÍTICOS


Poder Legislativo


 Câmara Municipal

 A Câmara Municipal de Araçariguama na  legislatura 2012-2015 está integrada pelos seguintes vereadores:

Mesa Diretora:


 Rodrigo de Almeida Souza
Presidente 

Moacyr Godoy Neto
 Vice-presidente

Paulo Henrique Sanches Velcov  
 1º Secretário

Genivaldo Vidal dos Santos
2º Secretário 

Demais vereadores:


Altair Fernandes de Oliveira

Carlos Romeiro F. de Oliveira

 José Aparecido Félix

Leandro Amaro de Andrade

 Muro Bonifácio

 Milton da Costa

Nadivan Ferreira Maia

Fonte: http://www.camaraaracariguama.sp.gov.br/vereadores.html




PODER EXECUTIVO


 Prefeitura Municipal
           


O atual prefeito do Município de Araçariguama é Roque Normélio Hoffmann eleito pelo PSDB (gestão 2012 a 2016. Ele foi também o prefeito na legislatura anterior.
         Nasceu na cidade de São Miguel do Oeste, Estado de Santa Catarina, foi criado em Marechal Cândido Rondon, no Paraná até os 18 anos. Mudou-se para São Paulo em 1980, vindo para Araçariguama em 8 de janeiro de 1993.
         . Formado em Contabilidade, mas com foco voltado à administração, onde atua há mais de 30 anos. Ao longo de sua vida trabalhou como engraxate, vendedor de sorvete, armador de palito de boliche, bóia fria, entregador de pão, balconista, auxiliar de escritório, gerente e hoje um conceituado empresário na região Oeste do Estado de São Paulo
         Tem como companheira Vanilse Cristina de Freitas, primeira dama de Araçariguama, com quem tem duas filhas, Jaqueline e Beatriz e Luciana como filha de coração.
         Veio para Araçariguama militando no setor industrial  e, tendo entrado para a político partidária, se elegeu prefeito em 2008, sendo reeleito em 2012.




O primeiro prefeito

            O primeiro prefeito eleito para governar o município de Araçariguama foi Severino Alves Filho, o Paraíba, eleito pelo PT.
            Severino Alves Filho, o Paraíba foi um dos maiores incentivadores do processo de emancipação do então Distrito de Araçariguama tendo sido o primeiro prefeito a assumir o Executivo Municipal em 1º de Janeiro de 1993.
         Coube a ele organizar toda a estrutura do Poder Executivo Araçariguamense. A seguir, transcrição de notícia jornalística sobre o falecimento de Severino: 

Morreu o ex-prefeito de Araçariguama Severino Alves Filho – Paraíba, aos 71 anos de idade, na madrugada do último domingo, dia 30, no Hospital Leonor Mendes de Barros, na cidade de Sorocaba onde estava internado desde o dia 8, vítima de um infarto que sofreu em sua residência. Seu corpo foi velado no plenário da Câmara Municipal e sepultado às 15h00 no Cemitério Jardim da Paz em Araçariguama.
Durante o velório e o sepultamento, Paraíba, como gostava de ser chamado, recebeu várias homenagens, tanto de cidadãos locais quanto de autoridades, prefeitos e vereadores de municípios vizinhos. Seu caixão foi coberto com as Bandeiras do Brasil e de Araçariguama, além de uma camiseta do clube USERA do qual foi um dos fundadores.
Por volta das 14h30min o cortejo deixou o prédio da Câmara e se dirigiu a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha, onde foi celebrada Missa pelo padre Marcelo Bonifácio. Em seguida grande número de familiares, amigos e autoridades, seguiu a pé o carro fúnebre até o cemitério.
Adaptado de Gazeta de Araçariguama de 05-12-2008 http://gazetadearacariguama.com.br/exibir_noticia.asp?id=821&n=1939&cat=11

 Ex Prefeitos de Araçariguama


1.   - Severino Alves Filho (1992-1996)-Emancipador
2.   - Moisés de Andrade (1996-2000)-Emancipador
3.   - Carlos Aymar Bechara (2000-2004)
4.   - Carlos Aymar Bechara (2006-2008)



O ESPORTE


         Araçariguama é uma cidade com bastante tradição nas lides desportivas. O Futsal tem sido o esporte que tem dado à cidade as maiores conquistas, sendo grande vencedor nessa modalidade bastante popular, lotando as dependências do ginásio de esportes local.

         A cidade tem se sagrado vencedora na Copa TV Tem, que reúne equipes de quase todas as cidades abrangidas por essa emissora de TV.
A seguir, transcrição de matéria sobre o assunto: 


 Ginásio Municipal de Esportes


 

“Araçariguama vence e se consagra pentacampeã da Copa TV TEM

Nos pênaltis, equipe leva a melhor sobre Jundiaí e garante o título 

 

O equilíbrio tomou conta da final da categoria masculina da Copa TV TEM de futsal da região de Sorocaba e Jundiaí. A vitória de Araçariguama só veio nos pênaltis. A equipe garantiu o pentacampeonato do torneio em cima de Jundiaí. A partida foi disputada nesta quinta-feira, no ginásio Doutor Romão de Souza, em Jundiaí.
Na primeira partida, Araçariguama havia vencido por 2 a 1 e, por isso, podia até empatar que ficaria com o caneco. Mas como Jundiaí conseguiu empatar a série, vencendo o jogo no tempo normal por 2 a 1, a disputa foi para a prorrogação. A igualdade permaneceu e Araçariguama ficou com a taça ao vencer por 6 a  5 nos pênaltis.
Tudo igual!
Toques de bola, concentração e equilíbrio. Foi assim o primeiro tempo da decisão masculina. As equipes estavam calmas em quadra e armavam as jogadas sem pressa. Até que aos 11 minutos, Hiroshi chutou rasteiro e abriu o marcador para o time de Araçariguama.
A torcida de Jundiaí, então, passou a ser o sexto homem em quadra. Os torcedores gritavam e incentivavam o time sem parar. E o apoio deu resultado. Faltando dois segundos para o final da etapa inicial, Erick chutou e deixou tudo igual.”
Data desta matéria: 17-05-2013. Atualizada em: 17-05-2013.
Fonte: http://globoesporte.globo.com/sp/sorocaba/Copa-TV-TEM-de-Futsal-Sorocaba/noticia/2013/05/aracariguama-se-consag


INDUSTRIALIZAÇÃO


Foi através da Lei Municipal nº 316 assinada pelo então prefeito municipal Carlos Aymar que o Município de Araçariguama estabeleceu critérios para doação de áreas para a instalação de indústrias no município. O referido diploma legal estabelece que:
Art. 1º - Fica instituído o programa de incentivo a industrialização no município de Araçariguama, podendo fazer doação de área de sua propriedade a empresas comprovadamente não poluentes.
Seguem-se outros 11 artigos estabelecendo critérios norteadores do assunto. A lei foi publicada em 14 de fevereiro de 2003. 





Carbotex Química


Gerdau


 Senior do Brasil


Neto Alimentos


TURISMO

  

"Quem viaja pela Castello Branco e passa por Araçariguama, interior de São Paulo, avista no alto da montanha um avião pronto pra decolar. Não, não é uma ilusão de ótica e nem um aeroporto encravado num local inusitado. É o Cine Avião JK, instalado ao lado da escultura do Desbravador da Esperança, outro marco da cidade, com mais de 25 metros de altura. O avião Viscount 58, uma aeronave turbo-hélice adquirida pela prefeitura de Araçariguama em um leilão de sucatas da Vasp, foi todo reformado e adaptado com um moderno sistema de imagem e som adequados para sua nova missão: cine-avião para entretenimento turístico da comunidade local, visitantes e em especial para as crianças. Com capacidade para 70 pessoas, o cinema projeta filmes educativos.
A história do turbo-hélice, Vickers Viscount é curiosa: O avião foi doado ao Brasil pela Rainha da Inglaterra e serviu durante mais de 10 anos como avião reserva do então presidente da República Juscelino Kubitschek, que pelos levantamentos realizados utilizou o referido avião em pelo menos 22 viagens, várias delas sobrevoando a então futura capital do Brasil, Brasília inaugurada em 21 de abril de 1960.

Com um ano de funcionamento, o curioso Cine-Avião já recebeu mais de 50 mil visitantes, vindos de todas as partes do Estado. A atração tem proporcionado também a oportunidade de alguns verem e conhecerem pela primeira vez um avião de perto. Por conta desta e de outras atrações (Mina de Ouro, Rancho do Bacalhau) Araçariguama, com seu pioneirismo e espírito vanguardista, entra na rota
turística do oeste paulista."

Fonte: http://arquivosreporter.blogspot.com.br/2008/02/cine-avio.html


 
 Capela de Santa Bárbara (mina de Ouro)



Museu da cidade


 
Entrada da mina de ouro


 
Espaço reformulado da cascata


 
Monumento "Desbravador da Esperança"


Vídeo: Pontos Turísticos de Araçariguama




IMPRENSA  



ACLARE - ACADEMIA DE LETRAS DE ARAÇARIGUAMA E REGIÃO 



"Em uma tarde de sábado, para sermos mais precisos, dia 10 de novembro de 2007, no Sítio Vale do Sino, uma Academia de Letras em Araçariguama foi fundada por um grupo de cidadãos idealistas que inhttp://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/2012/05/pequena-historia-do-municipio-de.htmlsistem em acreditar que - unicamente através da educação e da cultura é possível construir um mundo melhor.
Fundada inicialmente com o nome de ACLA - Academia de Letras de Araçariguama, posteriormente, em 25 de julho de 2009, passou a se chamar ACLARE - Academia de Letras de Araçariguama e Região. Essa nova denominação foi baseada principalmente na necessidade de congregar a comunidade araçariguamense a importantes cidades vizinhas em torno de um centro de convergência comum, como diríamos, uma região de solo fértil e promissor para cultivarmos Cultura, através do estudo, pesquisa e divulgação da literatura em seus mais variados aspectos.
Somos uma instituição cultural sem fins lucrativos, com o ideal de construir, pouco a pouco, uma base sólida para o desenvolvimento e aprimoramento do gosto pela leitura e escrita entre as comunidades do Município de Araçariguama e municípios vizinhos.
A ACLARE tem por objetivo a pesquisa, o estudo e a divulgação das letras, das artes e da cultura, em seus variados aspectos, dando ênfase especial às produções referentes ao Município de Araçariguama e municípios adjacentes.
Por não se filiar a nenhuma organização política, ideológica ou religiosa, a ACLARE, em seus Estatutos e Regimento Interno, não faz nenhum tipo de discriminação. Comprometendo-se a divulgar a vida e obras dos patronos das cadeiras acadêmicas, a ACLARE tem como patronos em suas 40 Cadeiras, figuras universais, a servirem de paradigma aos titulares eleitos. Foi fundada por 14 membros, mesclando figuras de alta formação universitária, autodidatas, escritores, poetas, repentistas, e apaixonados pela sensibilidade artística.
A ACLARE é composta por representantes de Araçariguama, São Roque, Mairinque, Alumínio, Pirapora do Bom Jesus, Sorocaba e Itú, pessoas que voluntariamente dedicam uma parcela de seu precioso tempo ao compromisso de promover a valorização do idioma e da literatura, bem como valorização da arte e da cultura, da preservação ambiental e do patrimônio histórico de toda região Oeste Paulista.
Nossa missão consiste em proporcionar ferramentas necessárias para o desenvolvimento educacional e cultural de Araçariguama e região. São ferramentas que precisam estar em consonância com as diretrizes de uma política educacional, visto que tais municípios apresentam um processo acelerado de crescimento socioeconômico, tornando-se imprescindível que o desenvolvimento educacional e cultural também acompanhe este crescimento.
Fundamos a ACLARE em Araçariguama porque, em tempos de globalização, a cidadania transformou-se em um dos conceitos fundamentais do século XXI, com grandes reflexos sobre a vida cotidiana e profissional dos cidadãos de uma comunidade. Somos todos cidadãos do mundo e nossa ideia de cidadania não se detém aos limites de fronteiras territoriais e nem a fronteiras de descendência ou naturalidade, pois cremos que não há fronteiras para o desenvolvimento cultural para os seres humanos.
Para transformar o mundo em um lugar cada vez melhor é fundamental que todos nós - cidadãos - cultivemos o sentimento de pertencer a algum lugar. A ACLARE se sente parte de um lugar e este lugar chama-se Araçariguama e, precisamente por isso, ela é também responsável por sua comunidade e por todas aquelas comunidades que a rodeiam.
A ACLARE - Academia de Letras de Araçariguama e Região é como um livro aberto, uma obra que pode e deve ser escrita e lida por todos. Não somos independentes, mas sim interdependentes, porque precisamos da força uns dos outros. A fundação da ACLARE já representa o prefácio desta obra, o índice já está planejado, alguns capítulos já foram escritos e outros estão no prelo para serem publicados. Quanto aos próximos capítulos e ao número de volumes, convidamos a todos aqueles que queiram participar como coautores desta obra.

SUZY ELIANE ANDRADE CURIA
Acadêmica Fundadora
Cadeira nº 10
Patronesse Odette de Barros Mott"




ACERVO FOTOGRÁFICO


 Igreja Matriz

Vista do Morro do Saboó na
 vizinha São Roque 


Bela propriedade na área rural


Obra da Estação de tratamento de esgoto


Professores do Projeto Semear 


Desfile cívico


         Este trabalho pode ser melhorado através de críticas construtivas e sugestões. É assim que tenho feito com todas as postagens publicadas em meu blog.

        Portanto, se você tiver qualquer contribuição a fazer, poderá entrar em contato comigo através do e-mail indicado no final desta publicação, ou por mensagem no Facebook.


SOBRE O AUTOR DA POSTAGEM

Wilson do Carmo Ribeiro é industriário aposentado, pedagogo e historiador diletante. 
É presbítero em exercício da Igreja Presbiteriana do Brasil, servindo atualmente na Igreja Presbiteriana Rocha Eterna de Sorocaba.
E-mail: prebwilson@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário