sexta-feira, 12 de maio de 2017

A EDUCAÇÃO EM MAIRINQUE

APRESENTAÇÃO

        Neste breve trabalho estamos enfocando o tema relativo à Educação em Mairinque. Na verdade, como fizemos com as postagens sobre alguns dos emancipacionistas, estamos desmembrando de nossa postagem que tem o título Pequena História do Município de Mairinque (http://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/2012/05/pequena-historia-do-municipio-de.html) com algumas adequações nos textos e fotos.
        Espero que, com este trabalho, eu esteja contribuindo para que existam informações disponiveis sobre o relevante tema na nossa querida cidade, na qual pude trabalhar por mais de trinta e cinco anos, como industriário, professor e também como vereador à Câmara Municipal.

A EDUCAÇÃO EM MAIRINQUE

A primeira escola pública para as crianças de Mairinque foi instalada no "Arraial dos Sapos", fundada pelo Conselheiro Mayrink em 27 de outubro de 1890. A casa era modesta, com um só cômodo ocupando uma área de 5x5 metros. O professor que lá lecionava formado pela Escola Normal de Itapetininga vinha todos os dias de São Roque, a cavalo ou de "aranha" (carruagem). Chamava-se Antônio Augusto da Silva. A chave simbólica dessa escolinha foi conservada por dona Guiomar Mayrink Lessa, residindo atualmente no Rio de Janeiro.
Mais tarde o engenheiro da Sorocabana Henrique Sheveng mandou construir um novo prédio para melhor instalar a primeira Escola Pública da localidade.
A outra escola antiga de Mairinque é aquela tradicionalmente conhecida como “Villaça”. Seu nome foi oficializado através do Decreto 17.518/47, passando a denominar-se Grupo Escolar Professor Manoel Martins Villaça. Seu patrono foi ilustre educador que nasceu em São Roque em 19-04-1858 e faleceu em 14-03-1924.
         Durante muitos anos os filhos de Mairinque necessitavam locomover-se a outros lugares para prosseguimento dos estudos até que foi criado o Ginásio Estadual de Mairinque conforme publicação do Diário Oficial em 19-03-1960 em decorrência da publicação da Lei Estadual 18-58.
Sua instalação ocorreu em 14-08-62 e a primeira diretora designada para sua direção foi a professora Hely Grillo Mussi. A escola começou a funcionar no início do ano letivo de 1963, no prédio do Grupo Escolar Prof. Manoel Martins Villaça. A partir de 20-09-1964 passou a denominar-se Ginásio Estadual Professora Altina Júlia de Oliveira.
      Em 1970 foi inaugurado o edifício da escola e a mesma passou a funcionar como Colégio. Vários educadores passaram pela direção dessa escola e uma coisa que marcou época elevando o nome do estabelecimento foi sua fanfarra. Sob a direção do instrutor Iracy Silveira participou e venceu diversas competições em várias cidades do Estado de São Paulo.
       Com o passar do tempo outros estabelecimentos foram sendo instalados para fazer frente à demanda educacional no Município: No Jardim Cruzeiro a EEPSG Professora Maria de Oliveira Lellis Ito, na Vila Barreto a EEPG Prof. José Pinto Amaral e daí por diante, sem falar em Alumínio que contava apenas com o Grupo Escolar Comendador Rodovalho e veio a ter a EEPSG Professora Isaura Kruger, EEPSG Honorina Rios de Carvalho Rios e outras mais.
Em 1975 foi criada a Escola Municipal de Ensino Supletivo com seções em Mairinque e Alumínio com a finalidade de dar oportunidade a adultos de estudar e concluir seus estudos até a oitava série. Em Mairinque  o Supletivo  funcionava na EE Prof. Manoel Martins Villaça e em Alumínio no Grupo Escolar Comendador Rodovalho.



ACERVO FOTOGRÁFICO


Grupo Escolar Prof. Manoel Martins Villaça


Grupo Escolar Comendador Rodovalho


EE Professora Altina Júlia de Oliveira


EE Professora Isaura Kruger


Desfile Cívico em Mairinque (1972)


1º Desfile cívico da Escola Estadual do Jardim Cruzeiro  
em 1983 (professora Claudineide Marra Ribeiro)


Famosa fanfarra do "Altina Júlia"


Formandos da 4ª série do Grupo Escolar de Mairinque
(foto de Ana Jorge)


Alunos da 3ª série do Grupo Escolar de Mairinque
(foto de Regiane Oliveira)


Alunos do Grupo Escolar Manoel Martins Vilaçça em 1956


Alunos da EE Professora Maria de O. Lellis Ito
em visita ao Instituto Butantã, SP (1988)


Formando da 1ª turma do Colégio Altina (1963 ou 1964)


Desfile Cívico Parque Tereza Cristina


Professores da cidade de Mairinque


Formatura no Supletivo Municipal (de costas a professora
Eloisa Natale)


Prof. Abimael de Campos Vieira


Prof. Aníbal da Costa Dias


Profª Aparecida Medina


Profª Aparecida Lopes Câmara (Fia)


Profª Arlete Corrêa


Profª Augusta C. Martins do Carmo


Profª Déa do Nascimento Zaparolli


Profª Doroti L. Berro Antunes


Profª Durce Gonçalves Sanches



Prof. Elcio Boccato


Profª Inori Caramante


Prof. João Loureiro Miranda


Prof. José Luiz Bellini


Prof. José Pinto do Amaral


Profª Madalena Ferreira Aguiar


Profª Nancy Di Gregoris


Profª Neusa Marinho Pyaia


Prof. Oscar Angeline


Prof. Salvador Ortega Fernandes


Profª Clotildes Santana


Profª Tereza Caramante Chesini


Profª Therezinha S. Arruda Bello

Fontes: Revista Comemorativa 96 anos;
             Livro Caminhos Percorridos (João Roberto P. Figueiredo);
             Álbum do autor.

Obs. Estas são fotos que dispomos. Outras, se nos forem enviadas (ver e-mail no final da postagem) poderão ser acrescentadas.


CONCLUSÃO


         Este trabalho pode ser melhorado através de críticas construtivas e sugestões. É assim que tenho feito com todas as postagens publicadas em meu blog.

        Portanto, se você tiver qualquer contribuição a fazer, poderá entrar em contato comigo através do e-mail indicado no final desta publicação.


SOBRE O AUTOR DA POSTAGEM



Wilson do Carmo Ribeiro é industriário aposentado, professor e historiador diletante. 
É presbítero emérito da Igreja Presbiteriana do Brasil.

E-mail: prebwilson@hotmail.


2 comentários:

  1. Teno foto da Grupo Escolar Prof. Manoel Martins Vilaça de 1956 ano em que cursei o primeiro ano de alfabetização com Prof Olga. Nasci em em Mairinque em 1948, sou de origem presbiteriana. Frequentei a escola dominical que na época era Congregação Presbiteriana Filadélfia. Quem liderava naquela época era o Sr. Horácio aposentado da Sorocabana. Onde meu pai era diácono. Meu email é claudemir_bento@yahoo.com.br se houver interesse entre em contato.

    ResponderExcluir
  2. Recebi e inseri a foto na postagem chamada "Pequena História do Município de Mairinque" Agradecido.

    ResponderExcluir