quarta-feira, 1 de julho de 2015

PIEDADE - HISTÓRIA ILUSTRADA DO MUNICÍPIO

APRESENTAÇÃO

         
   
    Conheci a cidade de Piedade nos anos setenta em função da Igreja Presbiteriana daquela cidade. Lá estive representando minha igreja, a Presbiteriana de Alumínio na reunião do Presbitério de Sorocaba.
         Em ocasiões subsequentes estive outras vezes lá por outros motivos e também conheci o bairro de Jurupará, onde residem algumas famílias amigas.
        Estive no centro da cidade acompanhando um de meus filhos, representante comercial. Realmente se trata de uma localidade hospitaleira e agradável. Muito bonita e produtiva a área rural, sendo que meu conhecimento nesse aspecto se limita às rodovias que ligam Piedade a Ibiúna, a Tapiraí e a Sorocaba.
         Como tenho feito com cidades da região e até de outros recantos, achei por bem fazer um trabalho mostrando o município de Piedade em seus vários aspectos utilizando informações colhidas na Internet.


ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL



Poder Executivo



Sede da Prefeitura Municipal


Geremias Ribeiro Pinto
Prefeito


Renato Corrêa da Silva (Nardo)
Vice-prefeito

Poder Legislativo



Câmara Municipal (Plenário)


Vereadores

Adilson Castanho
Presidente



Alexandre Mauro Freire Gomes



Claudio Eduardo Silva Nadaleto



Geraldo Pinto de Camargo



Gilberto José de Oliveira



Marcos Pinto de Camargo



Nelson Prestes de Oliveira



Nilza Maria dos Santos Godinho



Norton Yoshio Nakayama



Ovidio José da Silva



Paulino Florêncio Pinto



Samuel Oliveira Guimarães



Vagner Satoru Momoshima


Fonte: http://www.camarapiedade.sp.gov.br/vereadores.php



HISTÓRIA


"No começo do século XIX diversas famílias vindas de localidades vizinhas, especialmente de Sorocaba, estabeleceram-se na margem esquerda do Rio Pirapora, um pouco abaixo da confluência com o Ribeirão dos Cotianos, formando um pequeno povoado, que tinha em Vicente Garcia, homem enérgico e empreendedor um autêntico chefe.
Por volta de 1831 à 1835, um mascate doou a Vicente Garcia uma imagem de Nossa Senhora da Piedade, em louvor da qual, apressou-se em construir uma pequena capela benta em 20 de maio de 1840, considerado dia da fundação da cidade de Piedade.
Semeada pelo heroísmo tropeiro do século XIX e cultivada por mãos de tantos matizes, o município de Piedade vicejou ao longo dos anos preservando a incrível beleza natural que cativou pioneiros.
Um oásis de tranquilidade cercado de metrópoles por todos os lados. Moradores de grandes centros urbanos como São Paulo, Campinas e Sorocaba não resistem aos encantos de seus 780 km2 de ar puro, clima ameno, vegetação exuberante, montanhas entrecortadas por rios, lagos e cachoeiras límpidas.
Surpresas e conforto cativam muito o turista a cada curva de estrada, a cada trilha, a cada recanto... Mas, Piedade não é só natureza. O ser humano deu sua contribuição para transformar o que já era aprazível em conforto para o turista.
Hospedagem, gastronomia e lazer complementam o cenário para garantir momentos de descontração. Seja bem-vindo a Piedade, nos altos da Serra do Paranapiacaba, uma cidade linda por natureza!"

Fonte: http://www.piedade.tur.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2&Itemid=3


INFORMAÇÕES SOBRE O MUNICÍPIO


População: 52.214 habitantes ( IBGE - Resultado de 29/11/2010 – Censo )  
Área: Total de 729 km2, sendo 40.17 km2 no perímetro urbano e 688.83 km2 no perímetro rural
Posição da sede: latitude 23º42'43" Sul e longitude 47º25'40" Oeste
Altitude Média:   900 metros
Dados Geofísicos de Piedade

Localizada no reverso da Serra do Paranapiacaba, Piedade está assentada no Planalto Cristalino Atlântico, unidade Geomorfológica que constitui um vigoroso relevo montanhoso, cujas afeições fundamentais demonstram a influência da estrutura. Uma faixa constituída por pequenos maciços e cristas descontínuas, está esculpida em estrutura pré-cambrianas. As rochas formam grandes lentes de calcares, que vão enriquecer os solos pobres dessa área. Os granitos intrometem-se na formação de xistos e dão novos aspectos à topografia local.

Solo: Predominam os podzolizados, em seguida o latossol vermelho - amarelo e, em menor escala os solos de transição. No conjunto pode-se afirmar que Piedade é parte do domínio morfoclimáticos "marese morros", área cristalina e critalofiliana do Brasil de sudeste, que se caracteriza pela profunda decomposição das rochas.

Ponto mais alto: Com 1.227 metros de altitude em relação ao nível do mar está o topo do morro no espigão da Serra da Queimada, que integra a Serra de Paranapiacaba, no bairro do Lageado na cabeceira do Rio Piraporinha.

Ponto mais baixo: Com 510 metros está localizado no estremo sul de Ibiúna e Tapiraí, na barra do Rio Juquiazinho com o Rio do Peixe.

Dados Climáticos: devido à localidade geográfica do município, ocorrem muitas variações climáticas. A cidade está situada num vale formado pela Serra de São Francisco e Serra do Piraporinha, que influenciam como obstáculos naturais nas particularidades climáticas. De um modo geral, ocorrem variações bruscas de temperatura como no índice de incidência de chuvas de ano para ano.

Municípios Limítrofes: Votorantim, Salto de Pirapora, Pilar do Sul, Tapiraí e Ibiúna.

Umidade do ar: Oscila em média de 60% a 90%, sendo nas áreas limítrofes com Votorantim (Serra de São Francisco) a menor umidade, e mais úmido na região das Serras (Bateia e Paranapiacaba). Durante o outono/inverno, ocorre umidade mínima, atingindo 41% nas horas mais quentes do dia, aumentando para 79% durante à noite.

Principais Rios: Pirapora (passa pelo centro de Piedade, Salto de Pirapora e deságua no Rio Sorocaba), Sarapuí, Turvo e Peixe.

Represas: Represa de Itupararanga, Cachoeira da Fumaça, Vila Élvio e São José.

Principais Culturas: morango, alcachofra, caqui, cenoura, batata, cebola, abóbora, batata-doce, beterraba, mandioquinha, tomate, vagem, batatinha, acelga, brócolis, repolho, salsa, alho, chuchu, inhame, mandioca, pepino, pimentão, rabanete, abacate, limão, jiló, couve-flor, manga, maracujá, pera, tangerina, berinjela, milho, alface, feijão, almeirão, couve e escarola. Há ainda produtores de pós-larvas de camarão da Malásia, champignon, a proliferação de haras, apiários, estações experimentais e pecuária.

Quadro Econômico: indústria (10%), comércio (20%), agricultura (60%), prestação de serviços (1,5%), cooperativas (2%) e outros (6,5%).

Fonte: http://www.piedade.sp.gov.br/portal/cidade/11


A SAÚDE


Diagson Unidade Int de Diagnostico
Praça Raul Gomes De Abreu, 190, Centro, Piedade, SP

Ubs Bairro dos Correas
Zona Rural, S/N, Correas, Piedade, SP

Ubs Bairro Miguel Russo de Piedade
Zona Rural, S/N, Miguel Russo, Piedade, SP

Hospital Psiquiátrico Vale das Hortências

Etr Piedade-Tapirai, Centro, Piedade, SP

Santa Casa Piedade

Rua Quintino Bocaiúva, 154, Centro, Piedade, SP

Unidade Basica de Saúde Bairro dos Leites

Zona Rural, S/N, Leites, Piedade, SP

Hospital Psiquiatrico Vale das Hortencias Piedade

Est Piedade E Tapirai, S/N, Vila Elvio, Piedade, SP

Claudia Celina de Moraes

Rua Benjamin Da Silveira Baldy, 111, Centro, Piedade, SP

Ambulatorio Medico e Odontologico Municipal de Piedade

Avenida Antonio Leite De Oliveira, 100, Paulas E Mendes, Piedade, SP

Ambulatório de Saúde Mental de Piedade

Rua Benjamin Constant, 51, Centro, Piedade, SP

Fonte: http://www.apontador.com.br/em/piedade-sp/hospitais-e-postos-de-saude



Hospital Psiquiátrico Vale das Hortências


A AGRICULTURA


O dito popular "tamanho não é documento" é uma boa maneira de explicar o desenvolvimento da agricultura de Piedade. O município não possui concentração de grandes áreas em poder de poucos produtores. Pelo contrário. A distribuição homogênea das terras é justamente um dos fatores que tornam o agronegócio cada vez mais expressivo no município, caracterizado, principalmente, pela agricultura familiar. De acordo com a Casa da Agricultura local, são aproximadamente 3.700 mil produtores, número que faz de Piedade um exemplo na diversificação de culturas e eficiência em produtividade. Somente a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) de Sorocaba recebe 2.100 toneladas de produtos do município vizinho por semana.

"Por mercado (operação que acontece três vezes por semana no Entreposto local) nós recebemos de 600 a 800 toneladas de produtos de Piedade. São aproximadamente 150 caminhões por semana que chegam de Piedade para abastecer Sorocaba. Isso corresponde a 60% de tudo que entra na Ceagesp de Sorocaba por semana", informa o gerente do Entreposto de Sorocaba, Marco Antônio Jucelino de Oliveira.
A olericultura (a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos, frutos diversos e partes comestíveis de plantas) de Piedade, por exemplo, contempla uma lista de 58 tipos de produtos, que são escoados para diversas regiões do Estado de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Apesar do relevo acidentado, no município há disponibilidade de água para irrigação e clima apropriado, além da proximidade com os grandes centros consumidores. Estes são alguns dos fatores que contribuíram para que Piedade deslanchasse neste tipo de atividade.

"Não abastecemos apenas Sorocaba. Atualmente, já produzimos grande parte dos produtos consumidos em várias regiões do Estado", declara o coordenador administrativo da diretoria municipal da agricultura, Alberto Massao Shimoda, expondo a força da olericultura de Piedade. Segundo ele, além de Sorocaba, os produtos locais são enviados para a Ceagesp São Paulo, Santo André, Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Presidente Prudente. Uberlândia e Uberada, em Minas Gerais, e algumas cidades do Mato Grosso do Sul também são destinos da produção olerícola de Piedade.

"Das 2.100 toneladas de produtos que recebemos de Piedade por semana, pouco mais de metade são legumes, tubérculos, hortaliças e alguns temperos. Isso corresponde a 35% de tudo que recebemos dos produtores de Piedade", comenta Jucelino de Oliveira. Ressaltando que não quer promover a olericultura em detrimento de outras atividades agrícolas do município, Shimoda explica que a diversificação de atividades é o que vem mantendo os agricultores na "roça." "Mais de 90% dos agricultores mantém algum tipo de cultura mais expressiva em suas propriedades, mas sempre reservam um pequeno espaço para o plantio de alface, abóbora, batata, beringela, repolho, rúcula e outros tipos de olerícolas", explica Alberto Shimoda.

Bom negócio
Para reforçar sua opinião de que a olericultura pode ser um bom negócio, Shimoda afirma que mesmo com mercado ruim (preços não tão compensadores), a atividade dura o ano todo. "O ciclo de determinados produtos é muito rápido. O alface, por exemplo, pode ser colhido a partir de 45 dias, o que propicia várias safras durante o ano. É a chance que o produtor tem de optar por atividades mais lucrativas se for o caso", explica.

"Essa diversificação é muito importante. O agricultor não poder refém de um único produto. Ele precisa ter visão, outras culturas inclusive para gerar mais emprego e renda", lembra o coordenador. Na relação de produção agropecuária de Piedade estão: culturas anuais (14 tipos de produtos); frutíferas (32 tipos de produtos); plantas condimentares e medicinais (22 espécies); floricultura para vasos (5 espécies); floricultura para corte (6 espécies); plantas ornamentais para corte (4 espécies); plantas ornamentais (43 espécies); hidropônicas; produção orgânica (3429 tipos); outros produtos como apicultura, bubalinos, produção de camarão, reflorestamento e suinocultura.

Além dessas, se destacam no município a produção de olerícolas: abóbora seca, abobrinha brasileira, abobrinha italiana, acelga, agrião, alcachofra. alface, alho-porró, almeirão, aspargo, batata-doce, batata-konhaku, berinjela, beterraba, brócolis-ninja, brócolis-ramosa, broto-de-bambu, catalona, cebolinha, cenoura, chicória, chuchu, coentro, couve, couve-chinesa, couve-de-bruxelas, couve-flor, ervilha-grão, ervilha-torta, espinafre, feijão-fava, feijão-vagem, gengibre, inhame, jiló, láquio, mandioca, mandioquinha, maxixe, nabo, nigagori, pepino-caipira, pepino-comum, pepino-japonês, pimenta-ardida, pimenta-cambuci, pimenta-malagueta, pimenta-verde, pimentão, quiabo, rabanete, radicchio, repolho, repolho-roxo, rúcula, salsa, salão e yacon.


FonteAmilton Lourenço
amilton.lourenco@jcruzeiro.com.br
http://www.jornalcruzeiro.com.br/materia/379584/piedade-fornece-60-dos-produtos-que-chegam-a-ceagesp-em-sorocaba
http://www.apontador.com.br/em/piedade-sp/hospitais-e-postos-de-saúde


O Município de Piedade é grande produtor
de cebola



e alcachofra



13ª Festa do Caqui Fuyu


Fonte: 
https://www.google.com.br/search?q=fotos+da+cidade+de+piedade+sp&espv=2&biw=1024&bih=667&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=fvuTVZnsCIrz-QHhuZuYCQ&sqi=2&ved=0CBwQsAQ



EDUCAÇÃO


Provider Solucoes Tecnologicas Ltda

R FRANCISCO V PINTO,PROF, 00045, Centro, PIEDADE, SP

Colégio Objetivo

Rua Benjamin Constant, 81, Centro, Piedade, SP

A P A E

Rua Alan Kardec, 81, Vl Olinda, Piedade, SP

Colégio Criativo de Peidade

Rua Vinte E Um De Abril, 139, Centro, Piedade, SP

Colégio Monteiro Lobato

Rua Chosaka Nohama, 431, Centro, Piedade, SP

Miguel Pires Godinho

Rua Lourenço José Pereira, Sn, Centro, Piedade, SP

Theodora de Camargo Ayres Professora

Rua Marta Zanfirow De Camargo, 20, Centro, Piedade, SP

Escola Silvino

Rua Francisco Antônio Correa, 0, Centro, Piedade, SP

Maria Paula Ramalho Paes Professora

Rua Francisco Antônio Correa, 381, Centro, Piedade, SP

Futebol Arte

AV TANCREDO NEVES, 501, Cotianos, PIEDADE, SP


Fonte: http://www.apontador.com.br/em/piedade-sp/educacao/escolas



Alunos e Professores da Escola "Maria Paula"
foram ao teatro em São Paulo


ARTES



Pianista de família piedadense é premiado na Suíça - JC Piedade
17/06/2015
JC Piedade
O pianista Ronaldo Rolim conquistou, na última terça-feira (16), o terceiro lugar no renomado concurso Géza Anda, em Zurique, na Suíça, um dos mais importantes do gênero em todo o mundo. A final foi vencida pelo norte-americano Andrew Tyson, seguido pelo russo Aleksandr Shaikin. Ronaldo foi o único pianista latino-americano selecionado para participar do concurso e superou dezenas de concorrentes de vários países até chegar a grande final. Nascido em Votorantim, em 1986, Ronaldo Rolim viveu boa parte de sua infância e adolescência em Piedade, onde reside seu pai. Nos últimos anos, o músico fez apresentações beneficentes na cidade.

O jovem pianista vem se estabelecendo como um dos músicos mais completos de sua geração, premiado em dezenas de concursos no Brasil e exterior, em países como EUA, San Marino e Inglaterra. Também já se apresentou em salas de concertos consagradas, como Carnegie Hall (Nova York, EUA), Steinway Hall (Londres, Inglaterra), Seoul Arts Center (Seul, Coreia do Sul), Thêatre de Vevey (Vevey, Suíça), Friedberg Hall (Baltimore, EUA), além de apresentações no México, Portugal, Espanha, Holanda, Itália e Áustria. No Brasil, tem sido solista convidado de diversas orquestras, como a Sinfônica Brasileira, Filarmônica de Minas Gerais, Sinfônica de Campinas, Sinfônica da USP, Sinfonia Cultura, entre outras. Ronaldo também compõe o Trio Appassionata, grupo que recentemente lançou seu primeiro CD com o selo Odradek Records.

O pianista iniciou seus estudos musicais com sua mãe, Miriam Correa, e realizou sua primeira apresentação pública com apenas quatro anos de idade. Em 2007 foi para os EUA, onde fez Bacharelado e Mestrado em Piano Performance no Peabody Conservatory, de Baltimore. O pianista ainda reside nos EUA, onde cursa Doutorado na Yale School of Music, em New Haven.

Fonte: http://www.melhoriasparapiedade.com.br/#!Pianista-de-fam%C3%ADlia-piedadense-%C3%A9-premiado-na-Su%C3%AD%C3%A7a-JC-Piedade/cjds/5581f6a60cf2c5a6c8f9f626


ESPORTES E LAZER

Automobilismo



Piloto Sergio Jimenez

Sérgio Jimenez nascido na cidade de Piedade, SP aos 15-05-1984 é um piloto de automobilismo do Brasil.

Competiu em categorias de kart, disputou também a Fórmula Renault Brasileira, a GP2 e a A1GP representando o Brasil.

Em 2009, entrou para a Copa Vicar pela equipe Scuderia 111 e, na sua corrida de estréia, no Autódromo Internacional Nelson Piquet no Rio de Janeiro venceu sua primeira prova na categoria. Em 2013, no autródromo de Brasília, o piloto conquistou sua primeira pole position na categoria. Ele corre para a Voxx Racing.

Fonte: Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A9rgio_Jimenez (com adequações)


Futebol



Arbitragem da ARAE na cidade de Piedade/SP, 
Estádio Lino de Mattos, Piedade vs Cabreúva,
 Campeonato Paulista de Futebol Feminino - 
LINAF, Marcello Brito, Edson Correa Primo
 e Walas Brito dos Santos...


Almanaque de Esportes

Ciclismo



3ª Copa de MTB em Piedade (2008)


O TURISMO



Piedade está situada a 100 quilômetros da Capital, nas encostas da serra de Paranapiacaba. A cidade é conhecida como Portal da Águas por conta dos belos rios, represas e cachoeiras que atraem turistas.
Quem visita o local, logo sente o ar puro, nota a rica vegetação e as inúmeras cachoeiras. Cada uma possui uma queda diferente da outra, alguns exemplos são as do Jurupará, do Padre e da Fumaça, nome dado pelos próprios moradores por causa da neblina que é constante, dando a impressão que existe uma névoa cobrindo o local.
O grande destaque fica por conta da cachoeira do Bernardo Alemão. Com uma queda d´água de 25 metros, é propícia para a prática de rapel. Para quem prefere calmaria, no local há uma piscina natural que é garantia de um banho refrescante.
Outra opção para os aventureiros é represa Itupararanga. O local é ideal para a prática de esportes náuticos e lazer nos dias mais quentes.
No Parque das Pedras, os turistas podem apreciar a vista da natureza e também praticar rapel. São várias as alturas e níveis de dificuldade das elevações. A Pedra da Casinha possui aproximadamente 50 metros. Há ainda a Pedra da Azeitona e do Paçoca com 20 metros, e a do Descalvado que mede 1000 metros de altitude.
O Horto Florestal concentra 20 mil metros de Mata Atlântica remanescente, com muitas mudas nativas. Os visitantes podem apreciar cerejeira, araucária, pau-brasil, palmeira imperial, entre outras. Além disso, no local há três lagos com muitas carpas e trilhas para um agradável passeio ecológico.
Igreja
Principal ponto de referência da cidade, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Piedade começou a ser construída em 1885. No entanto, a obra foi concluída e inaugurada em 1916. Já na Casa de Cultura, o visitante encontra o espaço destinado às artes e manifestações culturais. O local ocupa um casarão antigo construído em 1877, que no passado abrigou a Cadeia Pública.
Outro atrativo de Piedade são as grandes produções de morango e alcachofra, sendo considerada o maior produtor do Brasil. O município abriga, ainda, a Festa do Kaki Fuyu, qualidade muito cultivada na cidade.




Jardim Oriental

Parte de um conjunto turístico integrado, o Jardim Oriental está localizado próximo ao Clube Kai-Kan, no km 101 da Rodovia SP-250 - trecho Piedade/Pilar do Sul, no bairro Liberdade. Integram o conjunto turístico, além do Jardim Oriental, o Torii, a Pedra do Elefante e a própria sede do Kai-Kan.


Parque Ecológico

Palco de diversificadas atividades culturais e socioambientais, o Parque Ecológico "Collemar de Miranda Botto" está localizado na Vila Nova Olinda (Rua Francisco Pinto de Camargo, 350), próximo à Capela do Jacueiro. Ali acontecem projetos como o Parque Eco Mais, para crianças, e o Férias no Parque.


Parque Estadual de Jurupará


Criado em 1992 e com área total de aproximadamente 26 mil hectares, o Parque Estadual do Jurupará fica entre os municípios de Piedade e Ibiúna. Reserva da Biosfera da Mata Atlântica é considerada unidade de conservação do Estado, integrante do Sistema Estadual de Florestas (Sieflor) e administrado pela Fundação Florestal, vinculada à Secretaria de Meio Ambiente do Estado. No Parque são desenvolvidos projeto de ecoturismo, como ciclismo e trilhas.

Pedra do Elefante

A Pedra do Elefante é um dos monumentos naturais mais conhecidos de Piedade. Localizada na SP-250 - Trecho que liga Piedade a Pilar do Sul, altura do Bairro Liberdade, tem a forma de um elefante, como o próprio nome sugere. Faz parte do conjunto turístico integrado onde está inserido o Jardim Oriental.

Avenida Marginal - Cerejeiras

Todos os anos, entre o final de junho e começo de julho, a Avenida Marginal é palco de um espetáculo cor-de-rosa proporcionado pela florada das cerejeiras. As árvores foram plantadas ali em 1988, nas comemorações dos 80 anos da imigração japonesa no Brasil. Desde então, a árvore se tornou um dos símbolos de Piedade, e,  anualmente, brinda moradores e turistas com sua beleza.

Portal das Águas

Cartão de visitas do município àqueles que chegam a Piedade pelas Rodovias Bunjiro Nakao e Raposo Tavares, o Portal das Águas está localizado na SP-250 (trecho Piedade/Ibiúna). À esquerda de quem chega ao município existe uma catarata artificial, simbolizando um dos mais preciosos bens do município: a água.
Fonte: http://www.piedade.sp.gov.br/portal/turismo/9



IMAGENS DO MUNICÍPIO



Vista geral


Vista noturna



Região central



Igreja Matriz N.S. da Piedade


Igreja Presbiteriana



Igreja Assembléia de Deus 


Vila Elvio



Piedade - Represa de Itupararanga, com partes
de Ibiúna, Votorantim e Alumínio ao fundo


Área de mata atlântica


Cachoeira na entrada da cidade


Parque Ecológico: Na parte inferior, a cidade
 e ao  fundo Salto de Pirapora


Piedade, a Represa de Itupararanga, com partes
de Ibiúna, Votorantim e Alumínio ao fundo


Represa da Cachoeira da Fumaça




 Um Pouco da História de Piedade - 1ª Parte



Um Pouco da História de Piedade - 2ª Parte




SOBRE O AUTOR DA POSTAGEM


Wilson do Carmo Ribeiro, 73 anos é industriário aposentado, pedagogo e presbítero em atividade na Igreja Presbiteriana do Brasil.
Foi professor, vereador e corresponde jornalístico em Alumínio e Mairinque, SP. 
É detentor do título de Cidadão Aluminense.
E-mail: prebwilson@hotmail.com













Nenhum comentário:

Postar um comentário