domingo, 18 de janeiro de 2015

O Presbiterianismo em Sorocaba e Região - Parte I


APRESENTAÇÃO

         Quando me propus a fazer um trabalho reunindo em uma só postagem a História de todas as Igrejas Presbiterianas de Sorocaba e Região não imaginei que pouco tempo depois o espaço virtual do popst , que seria uma espécie de livro virtual, não comportaria mais atualizações.
         Como estas se fazem necessárias, até porque algumas de nossas igrejas ainda não disponibilizaram seus históricos, o jeito foi repartir o trabalho em duas postagens.
         Assim, O PRESBITERIANISMO EM SOROCABA E REGIÃO - PARTE I” contemplará a História das Igrejas Presbiterianas do PSRC – Presbitério de Sorocaba. Já O PRESBITERIANISMO EM SOROCABA E REGIÃO – PARTE II” conterá a História das Igrejas Presbiterianas do PRLS – Presbitério Leste Sorocabano.
         Espero  ter encontrado uma forma de manter sempre atualizada a postagem que mostra a trajetória de nossas igrejas presbiterianas de Sorocaba e região.

    

OS PRIMEIROS TEMPOS DO PRESBITERIANISMO EM SOROCABA



No Boletim do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba, edição de setembro/outubro de 2.003 à página 5 encontramos matéria do Reverendo Matheus Benevenuto Júnior, Ministro jubilado da Igreja Presbiteriana do Brasil e Pastor Emérito da Igreja Presbiteriana de Sorocaba. Nela, o autor nos traz importantes informações sobre o início do presbiterianismo em Sorocaba.

       Ele conta baseado em pesquisas feitas para o trabalho que vem elaborando, qual seja, a História da Igreja Presbiteriana de Sorocaba, que o trabalho presbiteriano nessa cidade teve início em 1.861, com a instalação de um depósito de Bíblias na casa do senhor José Antonio de Souza Bertoldo.

    Quem instalou esse depósito de Bíblias foi Simonton (sobre o qual já discorremos em outra secção). Este teria sido atraído à Sorocaba por três motivos básicos: 1 – Pelo espírito liberal aqui reinante; 2 – pela feira de muares; 3 – Por residir em Sorocaba um compatriota de Simonton, o médico Dr. Reinhardt, que cuidava dos trabalhadores da real fábrica de ferro de Ipanema.
      Pouco tempo depois, além de Bertoldo havia mais dois colportores de bíblias. Continuando em sua narrativa, o articulista afirma que o depósito de Bíblias foi muito importante para a preparação e abertura do caminho para os pregadores presbiterianos que viriam depois. As notícias a respeito desse depósito de Bíblias eram veiculadas no jornal presbiteriano, à época, com o nome “Imprensa Evangélica”.
      Nessa época, os pastores partiam de Sorocaba e chegavam até Faxina, atual Itapeva, levando as boas novas do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

O Reverendo Benevenuto destaca ainda a presença de uma importante figura nesses primórdios do presbiterianismo em Sorocaba e região: José Manoel da Conceição. Como padre, Conceição tinha ideias protestantes, assimiladas no contato com os missionários que vieram ao Brasil para auxiliar Simonton. Por conta disso, ele era visto com certa desconfiança por seus superiores. Conceição, como padre, trabalhou em vastas regiões do interior paulista e sul de Minas Gerais. Convertido e ordenado pastor presbiteriano ele fez questão de pregar o evangelho aos seus ex -paroquianos.
         Retornando ao já mencionado depósito de Bíblias, o Reverendo Matheus informa que Conceição, quando ainda padre, pregou nesse local, situado em frente ao Mosteiro de São Bento, hoje Banco Mercantil do Brasil. Conta que ali pregou também o Reverendo Alexandre Latimer Blakford, cunhado de Simonton.   
          De 1.861 a 1.869 um grupo de pessoas foi instruído nas doutrinas presbiterianas, de maneira que a 1º de setembro de 1.869 cinco pessoas foram batizadas e participaram da Santa Ceia. Nessa data, Blackford organizou a Igreja Presbiteriana de Sorocaba, a quarta comunidade presbiteriana do interior. 

O presbiterianismo desenvolveu-se em Sorocaba e o trabalho tinha a assistência dos missionários americanos. Entre eles conta-se George Chamberlain. Este obreiro e sua esposa foram os fundadores da “Escola Americana”, que veio a se tornar a Universidade Presbiteriana Mackenzie.
         Em 1.876 veio pastorear a I.P. de Sorocaba o Reverendo Antonio Pedro Cerqueira Leite, o qual, de acordo com o que informa o historiador sorocabano Aluísio de Almeida, era homem muito culto. Além de exercer seu pastorado, o Reverendo Antonio Pedro manteve importante escola na cidade. Com a vinda desse pastor, encerrou-se o período missionário.
Desde 1.876 os pastores foram brasileiros. Foi no pastorado do Reverendo Antonio Pedro que teve início a construção do primeiro templo presbiteriano do interior paulista, situado á Rua Nogueira Martins. Ele passou a ser usado em 1.882 e foi inaugurado oficialmente em 1.886.
         Assim se expressa o Reverendo Benevenuto: Agora a comunidade presbiteriana estava firmada em Sorocaba e foram colunas do presbiterianismo em seus primórdios as famílias: Campos, Arruda, Aguiar e Pacheco e que até hoje encontramos descendentes dessas famílias na Igreja Presbiteriana e em quase todas as Igrejas Evangélicas mais antigas em Sorocaba.
        Para encerrar essa fase tão importante do presbiterianismo em Sorocaba, o historiador menciona o pastorado do Reverendo João Ribeiro de Carvalho Braga. Esse pastor formou com o Coronel Vergueiro, figura histórica da cidade, uma comissão para socorrer as vítimas da febre amarela que grassava na época. Era ele Presidente da Assembleia Nacional da Igreja Presbiteriana quando, em 1.903, aconteceu o cisma, surgindo a Igreja Presbiteriana Independente. Ele foi Intendente, que correspondia ao cargo de prefeito e sua foto consta da galeria dos prefeitos no Paço Municipal. Aqui encerra sua descrição o Reverendo Matheus

Nota: O Reverendo Matheus em seu relato faz inúmeras citações sobre a influência da Maçonaria na implantação e desenvolvimento do presbiterianismo em Sorocaba.



  1 - IGREJA PRESBITERIANA DE SOROCABA



Histórico oficial:


"A Igreja Presbiteriana de Sorocaba é a mais antiga Igreja protestante da cidade, é a 6ª Igreja Presbiteriana do Brasil e a 4ª Igreja Presbiteriana do Estado de São Paulo. Foi organizada por missionários norte-americanos no final do Império em 01/09/1869. Naquela ocasião a cidade de Sorocaba tinha aproximadamente 8 mil habitantes.
A cidade de Sorocaba foi escolhida para a instalação da obra missionária, porque era uma das poucas cidades do interior da Província de São Paulo que estava em pleno desenvolvimento econômico. Na perspectiva dos missionários norte-americanos, Sorocaba era uma cidade importante, porque tinha na época aproximadamente 8 mil habitantes, quase a metade da população da Província de São Paulo. Mas, ela também, destacava-se como centro importante dentro da Capital. Existia naquela época a chamada Feira de Muares, que movimentava economicamente a cidade. Além disso, iniciava o ciclo do plantio de algodão. Blackford, misionário que organizou a Igreja Presbiteriana de Sorocaba junto com Simonton, destaca duas coisas importantes em Sorocaba: A feira de Muares e o plantio de Algodão.

O Rev. Antonio Pedro de Cerqueira Leite organizou o 1º Coral Evangélico do Brasil (1876). Além dos trabalhos de cunho missionário, o referido pastor organizou uma Escola na cidade, chamada Escola Americana, homônima da Escola Americana em São Paulo, atualmente, Universidade Presbiteriana Mackenzie. Por vários anos, sua esposa chamada Palmyra dirigiu a Escola. Seu sucessor, Rev. Zacharias de Miranda teve uma atuação muito relevante na cidade. Participou ativamente do movimento republicano e abolicionista, exerceu cargo político e dirigiu a Escola organizada pelo Rev. Antonio Pedro. Além de educador, o Rev. Zacharias de Miranda se destacou como vereador da cidade de Sorocaba. Em sua gestão como líder político participou do processo de modernização da cidade. Em seu mandato como vereador estabeleceu os primeiros contato com a empresa Thomson e Cia, empresa de iluminação elétrica em Nova York, com o objetivo de implantar a iluminação pública na cidade.
Em julho de 1899, assume o pastorado da Igreja Presbiteriana de Sorocaba, o Rev. João Ribeiro de Carvalho Braga. Seu pastorado foi longo. Em 1902 chegou a prefeito da cidade num período curto de tempo.
O Templo Antigo serviu até o final de 1890. Após procura demorada, onde vários locais foram visitados, a comunidade resolveu comprar o terreno onde está hoje o novo templo, na Rua Santa Clara, 145. Isso aconteceu a 10 de outubro de 1900. Os irmãos do passado tiveram visão e coragem.
Hoje usufruímos da localização que temos devido ao espírito dos irmãos do passado. No livro de atas dessa data o secretário escreveu: “É indispensável encarecer a importância desta aquisição, pois todos vós sabeis quanto nos era necessário fazer para prevenir as necessidades actuaes e futuras desta Egreja que não tinha para onde alargar suas divisas já tão apertadas para conter as bênçãos que o Bom Deus nos tem concedido. Temos agora espaço necessário para melhorar as condições do nosso trabalho evangélico, sem prejuízos do nosso templo e de nossas comunidades”. De 1900 até 1928 os irmãos arrecadaram ofertas, fizeram campanhas.
Em 1930 a Assembleia da Igreja resolveu construir o novo templo, após um longo período de estudos quando vários outros planos foram apresentados. Em 2 de abril de 1930 foi tomada a resolução final, o templo será construído na Rua santa Clara…
A igreja Presbiteriana de Sorocaba teve uma participação expressiva na vida da cidade de Sorocaba. Com o passar dos anos, muitos outros líderes estiveram a frente desta comunidade: Rev. Willian Kerr, Rev. Ferraz, Rev. Paulo de Miranda Costivelli, Rev. Joaquim Augusto Machado, Rev. Natanael Emmerick, Rev. Matheus Benevenuto Jr, atualmente pastor emérito da Igreja.

O Presbítero Paulo Breda Filho, influente sorocabano e membro da Igreja Presbiteriana de Sorocaba, foi por duas vezes presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil. Quatro vocações podem ser acentuadas neste período, vocação missionária, política, educacional e social.
No pastorado do Rev. Matheus, a Igreja organizou o 1º Grupo de Escoteiro, denominado Baltazar Fernandes. É o grupo escoteiro mais antigo da cidade. Esta em pleno desenvolvimento de suas atividades e neste ano comemorará 45 anos de organização."

  Fonte: http://www.ipsorocaba.org.br/?page_id=9

 ATUALIDADES


Endereço – Rua Santa Clara, 145 – Centro – SP – Sorocaba – SP – CEP 18030 – 420 
Organizada em 01/09/1869  
Membros comungantes 352; não comungantes 223
Sociedades Internas: UCP, UPA, UMP e SAF.

(Dados de 31-12-2012)

Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.

   

ACERVO FOTOGRÁFICO





 

Templo Antigo da I.P. de Sorocaba. Foi o 1º
de toda a região sul, construído em 1882


 
Foto comemorativa 141 anos


 
 Templo da IP Sorocaba


 
Capela no Recanto da Amizade


 
Coral Masculino "Reverendo Henrique de Oliveira Camargo"
Regente: Maestrina Ruth Camargo Fernandes (2005)



Hospital Evangélico de Sorocaba
Concebido de um sonho na classe
de senhoras na Escola Dominical


 
Escoteiros "8 a 80 Anos"
(Foto Chefe Sandra)



Rev. Matheus Benevenuto Jr.
Pastoreou a igreja por mais de 40 anos



Rev. Ivanilson Bezerra da Silva
Sucedeu o Rev. Matheus no
pastorado da IP Sorocaba 




Rev. Claudio A. Batista Marra
Membro menor, fez parte do Grupo
de Escoteiros nos seus primórdios 




Rev. Wagner Bernardi
Pastor atual 


Vídeo - História da Igreja Presbiteriana de Sorocaba,
incluindo a IP de Votorantim 



Coral Rev. Zacharias Miranda da IP de Sorocaba 


Fotos antigas do acervo da Igreja Presbiteriana de Sorocaba gentilmente cedidas pelo Rev. Ivanilson Bezeera da Silva (essas fotos estão no vídeo acima)


Casa do Sr. Bertoldo, onde Simonton montou
o primeiro depósito de bíblias em Sorocaba 






 Nesta classe nasceu o sonho de se construir
um hospital evangélico para Sorocaba








Rev. Matheus Benevenuto Junior e sua família





Coral Reverendo Zacharias de Miranda



Professora Dulce Pacheco
1ª Presidente da Federação
do Trabalho Feminino do PSRC

  2 - IGREJA PRESBITERIANA DE VOTORANTIM

   
  O Reverendo Júlio Andrade Ferreira na obra “História da Igreja Presbiteriana do Brasil” volume 1, pág. 67, fala sobre as pregações do ex padre José Manoel da Conceição num sítio no Bairro do Rio Acima, na margem direita do Rio Sorocaba. Conceição vinha de São Paulo via Una (Ibiúna) e chegava  ao referido sítio cujo proprietário era o Sr. José Carlos de Campos.
 De acordo com a narrativa, a princípio o ex padre era visto com muita desconfiança porém conseguiu reverter a situação. Com autorização do dono do sítio, que se confessara anteriormente quando Conceição era pároco, leu a Palavra de Deus  em João 3.16 e ajoelhando-se, orou fervorosamente, clamando a Deus pela conversão daquela família e de todos os vizinhos do bairro.
Rio acima é o nome de um dos bairros de Votorantim, que até 1963 fazia parte do município de Sorocaba. O trabalho de Conceição com a família Campos frutificou e se tornou o embrião da Igreja Presbiteriana de Sorocaba, e esta tem como filha a IP de Votorantim.    Defronte ao templo, na avenida existe um busto do pioneiro do presbiterianismo  na cidade.      




ACERVO FOTOGRÁFICO  



Igreja Presbiteriana de Votorantim em 1917


Plantação da IP de Votorantim








Busto do Rev. José Manoel da Conceição na avenida que
leva seu nome. Do outro lado via, o templo
da IP de Votorantim


Presb. Lecy de Campos


Diác. Orlando Martins
 (Mimoso)


Rev. Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior, pastor
da igreja e os presbíteros Izaias Pedroso de Almeida
e Amauri Amaral 


Batismo Infantil; Ao fundo o Coral.


Ordenação de oficial

Louvor


Parte do Conjunto Masculino da IP de Votorantim
 Presb. Izaías, diác. Itamar, diác. Helio, Eliel e Paulo Vicente



Pastores "filhos" da IP Votorantim: Reverendos
Heber Carlos de Campos, Manoel Peres Sobrinho,
Ramon Perez e Davi de Campos Germano

 Profª Eunice Souza e Silva
Ex- membro da IPV foi Presidente
da Conf. Nac. do Trabalho Feminino
e Secretária Nacional


ATUALIDADES
 
Endereço: Av. Reverendo José Manoel da Conceição, 444 – Bairro dos Protestantes – Votorantim – SP – CEP 18110 – 000.Organizada em 11/08/1923.Membros comungantes 171, não comungantes 32.Alunos na Escola Dominical: 128.Sociedades Internas: UPA, UMP, SAF e UPH.Pastor Rev. Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior.(Dados de 31-12-2012) 
Atualmente (2015) o Conselho da I.P. de Votorantim está integrado pelos irmãos: Rev. Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior, Presidente. Presbíteros: Amauri Amaral, Geraldo Corrêa do Nascimento, Isaías Pedroso de Almeida e Silos Roberto Meira.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba. 




3 - HISTÓRIA DA IGREJA PRESBITERIANA DE ARAÇOIABA DA SERRA

- HISTÓRIA DA IGREJA PRESBITERIANA DE ARAÇOIABA DA SERRA
HISTÓRICO (oficial)

No livro de atas de número 01 do Conselho da Igreja Presbiteriana de Araçoiaba da Serra, vamos encontrar o registro feito pelo Reverendo Mattatias de Campos Fernandes sobre a organização dessa Igreja, lavrado nestes termos: “Foi pelo ano de 1.924, quando pastor da Igreja Presbiteriana de Sorocaba o Reverendo Willian Kerr, que se fez de Campo Largo um ponto de pregação da referida Igreja. Abre, nessa ocasião, seu coração para o Evangelho de N.S. Jesus Cristo e as portas de sua casa para que nela seja pregada a Boa Nova a família Joaquim Leite. Enquanto este irmão residiu em Campo Largo, pregou-se mensalmente em sua casa. Esta pode considerar-se a primeira fase do trabalho. O irmão Joaquim Leite transfere-se no entanto, para fora de Campo Largo, tendo-se este fato quase coincidido com a 2ª fase da obra: o período das reações. Estas se verificaram desta forma: há cerca de oito anos, o Grêmio de Obreiros Cristãos da Igreja Cristã Presbiteriana de Sorocaba promoveu uma viagem de evangelização à Vila de Campo Largo, tendo pregado o prof. Abdiel Lopes Monteiro. Esta 1ª jornada missionária não deixou de ser acompanhada por ameaças por parte dos elementos hostis ao Evangelho. Uma 2ª excursão, seguida de reação mais violenta se fez nesta localidade, tendo se amotinado uma parte do povo a ponto de ir esperar os caravanistas na ponte que fica na saída para Sorocaba. Um fato, aparentemente acidental, mas que estava dentro dos planos divinos em livrar os missionários da sanha popular. Tal incidente atraiu o povo para um local mais ou menos afastado da ponte, deixando nela a passagem livre para a volta à Sorocaba. O irmão que guiava o caminhão, no qual estavam todos os visitantes já acomodados não titubeia, aproveita, sem perda de tempo, a passagem livre e toca o carro a toda a velocidade, podendo os visitantes regressar à Sorocaba ilesos. Parece que nessa ocasião prepara-se o ambiente em que irá se realizar a 3ª visita a Campo Largo, ambiente de reação violenta e de hostilidade que supera ao de ambas as visitas anteriores. Parte de Sorocaba, algum tempo depois da 2ª viagem provocadora de reação, animada caravana de Crentes para Campo Largo, em caminhão ainda sob os auspícios do referido grêmio de Obreiros Cristãos e tendo como pregador mais uma vez o prof. Abdiel Lopes Monteiro. Conseguem os corajosos missionários sorocabanos anunciar ainda as Boas Novas na cidade. Mas desta vez estão reservadas para os visitantes, manifestações bem mais vivas de animosidade. Quando à noite, após a obra feita, os missionários se põem a caminho de Sorocaba, uma verdadeira chuva de coisas ignóbeis como ovos chocos, cebolas, batatas, demonstrou o sentimento reinante contra o Evangelho. Um dos caravanistas teve de realizar verdadeiro jogo de destreza para livrar-se da metade de um tijolo que lhe é atirado à cabeça. Estas são as primeiras tentativas. Neste período inicial da obra cumpre mencionar ao lado do Reverendo Willian C. Kerr, os nomes dos Reverendos Nelson Omegna, Antonio Marques e José Ferraz, tendo todos eles trabalhado em Campo Largo. Pelo ano de 1.937 transferem-se do Bairro da Ilha para Campo Largo os irmãos Antonio José da Rosa e Benedito Anhaia Sobrinho, que se fazem acompanhar das respectivas famílias. Com a mudança dessas famílias crentes para Campo Largo começam a realizar-se os cultos de louvor em casa particular, dirigidos pelo velho e piedoso irmão João Soares de Carvalho, também então na Vila e hoje recolhido aos tabernáculos eternos. Em meados de 1.937 o Reverendo Benedito M. Carvalho, então pastor da Igreja da Ilha, de quem eram ovelhas, pois os membros das duas famílias residentes em Campo Largo, oficializam o trabalho na localidade, efetuando-se os cultos em casa do sr Antonio José da Rosa. Dentro de alguns meses o Reverendo Benedito tem a alegria de realizar a sua primeira colheita: perante um auditório de cerca de trezentas pessoas, vindas do bairro da Ilha, de Sorocaba, de Votorantim, do Turvinho são recebidas 14 pessoas por pública profissão de fé, todas vindas do Romanismo. No fim do mesmo ano outra família avultada eleva o número de crentes da congregação de Campo Largo a mais de 30. As bênçãos de Deus começam a coroar de êxito os esforços dos denodados pioneiros. A Boa Nova estende-se pelos bairros da Entrada, Jundiacanga, Guaxinduva e as colheitas, particularmente na zona rural, vêm sendo abundantes até esta data em que a comunidade vê, com santo regozijo, após tão curto período, instituir-se a Igreja de Campo Largo, já instalada em confortável salão de cultos de sua propriedade. Durante este último período Campo Largo teve como pastores os Reverendos Benedito Manoel de Carvalho, Paulo Miranda Costivelli, João Paulo de Camargo, sendo seu atual pastor o Reverendo Mattatias de Campos Fernandes. Glória a Deus pelo Seu dom inefável. Sorocaba, 19 de janeiro de 1.942”

      Pela Comissão organizadora, assinam os irmãos Reverendos Mattatias de Campos Fernandes e Ranulpho Pires. 

      
 
Templo    

 
  Após pregar consagrando o novo templo o Rev. Roberto Brasileiro
 com o Rev. Anízio Batista e presbíteros com suas esposas
   ALGUNS MEMBROS MAIS ANTIGOS
    
 Presb. José Fogaça e d. Lourdes,   
membros pioneiros com  ouras irmãs
    na Congregaçãom  Jundiacanga  


Francisca Anhaia Rosa
Membro pioneira

  
d. Osana de Oliveira (pioneira)  

   
 Presb. Avelino Boaventura Ramos
     Construiu o 1º templo nos anos 90  
   
d. Ana Mhdo Ramos  

Outros    
Presb. Francisco Luiz Carmelin
    Decisiva participação na compra 
    do terreno para o novo templo    
    
Presb. David Estevam de  Oliveira 
e d. Marlene    
 
 Presb. Carlos Amendoera  
  e d. Maria Luiza    

 
 Diác. Noel Boaventura Ramos  
 e d. Sônia    
 
Jovens da IPAS  - anos 90

   
e crianças -meados dos anos 2000

 
 Confraternização de famílias  - meados dos anos 2000


 Profissão de Fé e batismo - atual



Jovens - Reunião em Células - atual




Juventude atual 


ATUALIDADES

 Endereço:Rua Osvaldo Eugênio Antunes, 49,  Jardim  Ercília, Araçoiaba da Serra – SP – CEP 18190 – 000. Data de organização: 1ª organização:02-05-1941 2ª organização:23/03/1994 Membros comungantes 133, não comungantes 29. Alunos na Escola Dominial: 62.  Sociedades internas UCP, UPA e UMP.

Pastor Rev. Edvaldo Beranger.

(31-12-2012) Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba. 
 

História completa da IPAS em:http://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/2011/03/historia-da-igreja-presbiteriana-de.htmlnos idos de 1929



4 - IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM SÃO PAULO



HISTÓRICO (oficial)

Conforme está escrito na ata nº 545 da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, do dia 05/nov/1966, “em face do fato de membros desta Igreja residirem no bairro Jardim São Paulo, e realizarem regularmente Escola Dominical com média de 60 alunos resolve-se organizar o Ponto de Pregação do Jardim São Paulo em casa do irmão Vicente Gomes Ribeiro, confiando-se a direção deste trabalho aos cuidados do irmão Rubens Kerstem que foi o iniciador e mantenedor da obra naquele bairro. Considerando-se que já há um lote de propriedade desta Igreja naquele bairro e que os irmãos lá residentes empenhar-se-ão em organizar em definitivo a Congregação, resolve-se submeter à Assembleia Geral Extraordinária marcada para o dia 19/nov/1966, o plano de construção de um templo com indicação de recursos que aqueles irmãos levantarão para este fim”. Estava assim, oficialmente iniciado o trabalho evangelístico no bairro do Jardim São Paulo, muito embora o trabalho já existisse de fato, por iniciativa do irmão Rubens Kerstem. O plano de construção foi aprovado na Assembléia de 19/nov/1966 e o lançamento da pedra fundamental de um Edifício de Educação Religiosa, planejado para três pavimentos aconteceu apenas no dia 08/dez/1968, com culto festivo às 14 horas. Em 1969 o trabalho já não estava sob a direção do irmão Rubens, mas sim do Presbítero Alcindo do Prado. Daí para frente vários irmãos continuaram o trabalho no Ponto de Pregação do Jardim São Paulo. O trabalho alcançou um certo desenvolvimento, a construção prosseguiu até a fase de poder ser utilizado o pavimento térreo para as reuniões que imediatamente foram transferidas para este local na então Rua 05 do loteamento do Jardim São Paulo, hoje Rua Adalgiso Loureiro de Almeida, 359. Alguns movimentos foram de extrema dificuldade para esta Congregação, havendo até o pensamento de se fechar o trabalho. A partir de 1983, o trabalho começou a ganhar um novo impulso, com a nomeação do irmão Carlos Roberto de Mello Más para a direção da Congregação. Por esta ocasião já havia fixado residência no bairro o irmão Sérgio Rodrigues, que juntamente com a esposa e filhos passaram a engajar a liderança da comunidade. Outras famílias vieram e o trabalho entusiasta de jovens da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, como das irmãs Denise e Deise Vieira e do jovem Claudio Olinto de Oliveira Garcia, vieram dinamizar o trabalho na Congregação trazendo-a para os dias atuais. Depois do irmão Carlos Más, a liderança da Congregação esteve por algum tempo sob responsabilidade do Presbítero Luiz Mariano dos Santos  Sobrinho, já falecido, tendo retornado o irmão Carlos Más e posteriormente esteve sob responsabilidade do irmão Paulo Sérgio Carvalhaes. Em 1987 aconteceu o primeiro pedido ao Presbitério de Sorocaba (PSRC) para organização da Igreja, sendo tal pedido negado pelo Concílio. No ano seguinte (1988) novo pedido é feito e apresentado, tendo sido convidado para aquele ano o Licenciado Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior para trabalhar com a comunidade. Obedecendo aos trâmites legais, a Congregação foi organizada em Igreja em 19/fev/1989 por uma comissão especialmente nomeada pelo Concílio para este fim, cujo Relator foi o Rev. Jurandir Vieira Cardoso. Foram eleitos na ocasião, para o presbiterato os irmãos Saulo de Oliveira, Manoel Gomes, Sérgio Rodrigues e Ângelo Benetti, e para o Diaconato os irmãos Antonio Celso Bueno, Laércio Gonçalves de Moura, Moisés Schlic e Joaquim Gabriel Floriano. Tomou posse como Pastor Designado  pelo Concílio (PSRC), para a nova Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo em Sorocaba, o Rev. Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior, sendo o mesmo eleito pela Igreja no ano seguinte (1990). O trabalho foi iniciado no pastorado do Rev. Abimael de Campos Vieira à frente da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, e por esta igreja passaram os seguintes Pastores Rev. Moises Aguiar, Rev. Ismael Andrade Leandro, Rev. Celso Pedroso Fontão, e finalmente no ano de organização da Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo estava a frente da Igreja Filadélfia o Rev. Eliel Fausto Botelho.”


ACERVO FOTOGRÁFICO


 
 
Templo da IP do Jardim São Paulo

 
Presb. Alcindo do Prado 

  
Dr. Carlos Roberto Más de Melo
 
Presb. Paulo Sergio Carvalhaes

 
Presb. Ângelo Benetti  
 

 
Presb. Saulo de Oliveira  

 
Presb. César Augusto Freddy


Cecilia Cesar Freddy


 Cultuando a Deus
 


e louvando


 Recepcionando novos membros


 
 Nilza D. Camargo Swartz
 Trabalho Feminino
 
Denise Vieira  
 Trabalho Feminino   

 
 Deise Mega de Oliveira
Trabalho feminino



 ATUALIDADES


Endereço: Av. Padre Joaquim Gonçalves Pacheco, 304 

– Jd. São Paulo – Sorocaba – SP – CEP 18051 – 490. Organizada em 19/02/1989. Membros comungantes 63; não comungantes 18.  Alunos Escola Dominical: 28. Sociedades Internas: SAf e UCP.

(Dados de 31-12-2-12)
Fonte  SE/Presbitério de Sorocaba.  





5 - IGREJA PRESBITERIANA ALIANÇA ETERNA

  HISTÓRICO


" E todos os que estavam dispostos, cujo coração os impeliu a isso, trouxeram uma oferta ao Senhor para a obra da Tenda do Encontro, para todos os seus serviços e para as vestes sagradas."  (Êxodo 35:21)
Em 28/08/1999 os presbíteros Airton Faloci, Davi Alves Machado, Joraci de Oliveira Muniz (in memóriam) e Sergio Lourenço de Souza, reuniram-se na casa do presbítero Ademir dos Santos Braca, para tratarem de assunto referente ao documento enviado ao Conselho da Igreja Presbiteriana  de Votorantim, por um grupo de irmãos descontentes com o mesmo e que seria discutido junto ao PSRC.
Decidiu que se o PSRC desse abertura aos presbíteros para se fazer um culto separado da IPB de Votorantim, ou os jovens que haviam assinado uma lista e outros membros não assinantes.
Dado a permissão pelo PSRC, providencias foram tomadas naquela tarde. Nessa noite os presbíteros convocaram os irmãos da liderança da IPB de Votorantim a fim de decidirem a realização do culto que se daria nas dependências da garagem da casa do presbítero Airton Faloci, providencias foram tomadas nessa reunião que aconteceu em 29/08/1999.
O presbítero Airton ficou responsável pela aquisição das cadeiras para o culto, o presbítero Ademir cuidou da retirada dos ventiladores cedidos e também em convidar outros membros que não havia assinados a lista, para o culto na casa do presbítero Airton. O presbítero Sergio se encarregou em convidar o pregador, juntamente com o conjunto de louvor "Sal da Terra".
Estiveram presentes nesse culto, no sábado, 110 pessoas. O PSRC confirmou esse grupo de irmãos em "Congregação Presbiterial de Votorantim", com endereço à Rua João Walter n° 120, Centro de Votorantim. Já no dia 29/11/1999, domingo reunido durante todo dia em Congregação Presbiterial de Votorantim, foi organizada em igreja recebendo o nome de Igreja Presbiteriana Aliança Eterna, sendo eleitos os seguintes presbíteros: Airton Faloci, Davi Alves Machado, Joraci Oliveira Muniz e Nelson Pedroso Jr. e para diáconos: Aledir Teruel, Francisco Maimone, Vagner Maria Mendes, Sebastião Ribeiro Silva, Valder Ventura e Lucas Pedroso. Para os atos pastorais foi nomeado o Reverendo Ismael Andrade Leandro. Foram arrolados como membros da IPAE 124 nomes. Em dezembro de 1999 foi eleito para o biênio 2000/2001 o pastor Helio Ribeiro de Queiroz.
A IPAE, desde a sua organização passou pelos seguintes endereços; até 2002 permaneceu na Rua João Walter n° 120. Em 2003 estivemos na Avenida São João, e em 2004 no atual endereço na Rua Francisco Cereta n° 40, aonde havia a congregação da IPB de Votorantim e posteriormente da IPB da Vila Galli. Em 2005 a IPAE assumiu em comodato a atual endereço por um prazo de 15 anos renovável por mais de 15 anos.
Assim como em Êxodo 35.21 o que nos chama atenção são as diretrizes que a IPAE deve tomar com relação a construção do templo propriamente dito, assim como nosso Deus disse ao povo israelita naquele momento, a homens e mulheres através de Moises, foi solicitado material necessário para a construção do Templo da Revelação (congregação) para ali cultuar o nosso Deus e oferecer ofertas de sacrifício.
O povo atendeu de pronto o pedido de Moises e as ofertas trazidas ultrapassaram o pedido feito pelos artesãos do templo.
O Conselho da IPAE para o ano de 2015 vai empenhar-se pela construção do templo tendo como vantagem inicial a futura venda do imóvel situado na Vila Nova Votorantim.
A Deus toda honra, louvor e gloria. Que Deus nos ajude e nos abençoe nesta jornada.”
(Presbítero em disponibilidade Sergio Lourenço de Souza).


ATUALIDADES

Em 31-12-2012 contava com 89 membros comungantes e 15 não comungantes (menores). Sua Escola Bíblica Dominical contava naquela data com 82 alunos matriculados.  
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.
 

ACERVO FOTOGRÁFICO

 


Futuro templo (projeto)
 

Interior do templo atual


Presbíteros Joraci Oliveira Muniz
Ademir Braca, David Alves Machado e
Sergio Lourenço da Silva
(pioneiros)


 
Conselho atual: Rev. Mauro Ribeiro de Freitas: Presidente;
Presbíteros: Tiago Teruel, Vice-presidente;
Gilberto Moraes e Reginaldo da Silva


Exterior do templo atual


"Pedalando com Cristo"


Trabalho Feminino
Irmã ZereteTeruel


Defronte à Catedral Presbiteriana- RJ


 SAFs em Camboriú, SC



  06- IGREJA PRESBITERIANA DO BAIRRO DA ILHA

 

 

Templo


A Igreja Presbiteriana do Bairro da Ilha é bastante antiga estando situada em um sítio às margens da rodovia que liga as cidades de Salto de Pirapora a Pilar do Sul.
Foi organizada em 15-12-1935 e uma das famílias pioneiras foi a Sandoval, tendo membros da família na liderança do trabalho até os dias atuais.
Em 31-12-2012 contava em seu rol de membros com 24 comungantes e 4 não comungantes (menores).
Seu atual pastor é o Rev. Anizio Batista e os presbíteros do Conselho são: José Sandoval de Oliveira, Lauro Sandoval de Oliveira Filho e Lauro Cardoso.

Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.





  07- IGREJA PRESBITERIANA BETEL

A Igreja Presbiteriana Betel está situada na área rural no Bairro dos Soares, Município de Piedade, SP e foi organizada em 10-07-2011. Até então funcionou como Congregação da I.P. de Piedade e teve um breve período como Congregação Presbiterial.
Em 31-12-2012 contava com 42 membros comungantes e 7 não comungantes (menores).
Tem organizada uma Sociedade Auxiliadora Feminina (SAF) e seu pastor atual é o Reverendo Jurandyr Vieira Cardoso, o qual tem suas raízes familiares nessa localidade.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.

ACERVO FOTOGRÁFICO 



Espetáculo da Natureza no Bairro Soares. Confraternização 
com a mocidade da Igreja Presbiteriana de Araçoiaba da Serra


Bairro dos Soares


08-  IGREJA PRESBITERIANA DE CAMPO LARGO

Trata-se de uma igreja relativamente nova visto ter sido organizada em 21-04-2007, funcionando antes disso como congregação da Igreja Presbiteriana de Salto de Pirapora, cidade na qual também está localizada.
Está situada à Rua Assad Elias Marum, 73 – Bairro do Campo Largo e contava em 31-12-2012 com 50 membros comungantes e 10 não comungantes (menores). Seu pastor atual é o Reverendo Anizio Batista, que é nascido na cidade. Os presbíteros são: Carlos Silva do Amaral, Josias Fogaça Machado e Noel dos Santos.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.
 



ACERVO FOTOGRÁFICO




Pessoal da igreja



5º Encontro de Conjuntos Masculinos



 


09 - IGREJA PRESBITERIANA DO CAMPOLIM

 A Igreja Presbiteriana do Campolim é uma das mais novas do Presbitério de Sorocaba, pois foi organizada em 05-08-2012. Antes disso, teve um breve espaço de tempo em que funcionou com o status de Congregação.
Foi uma igreja organizada pelo sistema de “Plantação de Igrejas" da Igreja Presbiteriana do Brasil  e está localizada no nobre bairro do Campolim, zona sul de Sorocaba.
O pastor, desde sua implantação é o Rev. Renato Camargo Filho, natural desta progressista cidade. É neto do Rev. Henrique de Oliveira Camargo que serviu em várias igrejas do Presbitério de Sorocaba na década de 1950.
A IP do Campolim contava em 31-12-2012 com 78 membros comungantes e 8 não comungantes (menores) e tinha 65 alunos matriculados na Escola Dominical.


Fonte: SE- Presbitério de Sorocaba





ACERVO FOTOGRÁFICO



Interior do templo



Profissão de Fé e batismo


10- IGREJA PRESBITERIANA DE JURUPARÁ

A Igreja Presbiteriana de Jurupará esta localizada não muito distante da Rodovia que liga Sorocaba a Piedade no bairro rural da qual a igreja empresta o nome.
Foi organizada em 24-11-1935 e em 31-12-2012 contava com 74 membros comungantes e 5 não comungantes (menores). Sua Escola Dominical tem 80 alunos matriculados e a igreja conta com estas sociedades domésticas: Sociedade Auxiliadora Feminina (SAF), União de Homens Presbiterianos (UPH), União da Mocidade Presbiteriana (UMP) e UPA (União Presbiteriana de Menores).
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.


 ACERVO FOTOGRÁFICO





Acesso ao bairro rural de Jurupará


Parque do Jurupará


 
O templo


 Interior do templo


Mocidade 


11 - IGREJA PRESBITERIANA JARDIM DAS MAGNÓLIAS

A Igreja Presbiteriana Jardim das Magnólias está situada no bairro do mesmo nome na zona oeste de Sorocaba, tendo seu templo à Rua Savério Fazzio, 124, muito bonito por sinal.
Foi organizada em 13-12-1993 e contava com 58 membros comungantes em 31-12-2012. Sua Escola Dominical contava à época, com 28 alunos matriculados.
O evangelista Fábio Roberto Proença vem trabalhando na na condução dos cultos e Escola Dominical. Os atos pastorais são feitos por pastores convidados.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba. 

ACERVO FOTOGRÁFICO


O templo


Evangelista Fábio Roberto Proença



Presb. Tercio Cândido Morales


Presb. Alexandre Domingues Gomes





Povo de Deus


Mais que amigos


Louvor



12 - IGREJA PRESBITERIANA DE PIEDADE



A cidade de Piedade, é servida pela Rodovia SP-79  que no trecho entre Votorantim e  Piedade recebe o nome de Raimundo Antunes Soares. Piedade fez parte das andanças do Reverendo José Manoel da Conceição, que saindo de São Paulo, passava por Cotia, Ibiúna, Piedade e chegava a Sorocaba.
Por iniciativa do Reverendo Ramon Perez, atual pastor da igreja, todo ano é realizada a “Caminhada Reverendo José Manoel da Conceição”, cobrindo o trajeto entre Piedade e o bairro rural de Jurupará, onde existe uma igreja presbiteriana, a IP de Jurupará. 
A Igreja Presbiteriana de Piedade está localizada Rua Capitão Antonio Parada, 46 na cidade de mesmo nome, sendo uma das mais antigas da região, visto ter sido organizada em 04-04-1948.
ATUALIDADES
Em 31-12-2012 A IP de Piedade tinha  99 membros comungantes e 21 não comungantes (menores) e conta com o trabalho das seguintes sociedades internas: União das Crianças Presbiterianas (UCP), União Presbiteriana de Adolescentes (UPA), União da Mocidade Presbiteriana (UMP), Sociedade Auxiliadora Feminina (SAF) e União Presbiteriana de Homens (UPH). Sua Escola Dominical contava naquela data com 92 matriculados.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.


ACERVO FOTOGRÁFICO



Templo


 Caminhada "Rev. José Manoel da Conceição"


 Aniversário da SAF


 Coral Feminino


 
 Louvor jovem


Mocidade




13 - CONGREGAÇÃO PRESBITERIAL DO PARQUE SÃO BENTO

A Congregação Presbiterial do Parque São Bento é a comunidade presbiteriana situada no extremo da zona norte de Sorocaba, estando localizada à Av. Vinicius de Moraes, 1050 no bairro de mesmo nome.
Em 31-12-2012 contava com 18 membros comungantes e 3 não comungantes (menores). Seu pastor é o Reverendo Ismael Simões de Almeida. Sua Escola Dominical contava com 15 alunos matriculados.
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.

ACERVO FOTOGRÁFICO

Templo

Povo de Deus


Canto Coral

Povo de Deus reunido



14 - IGREJA PRESBITERIANA DE VILA HORTÊNCIA 

 HISTÓRICO

 HISTÓRICO (oficial)
O trabalho presbiteriano em Vila Hortência teve início no ano de 1957 na casa dos irmãos Ermelindo e Josefa Ribeiro, à Rua Joaquim Rodrigues de Barros, 195, Vila Hortência, Sorocaba, SP, onde eram realizados os cultos e a Escola Dominical. O pastor na igreja mãe, a IP de Sorocaba era o Reverendo Natanael Emerick.
No dia 15 de setembro de 1961 foi realizado um culto de gratidão na casa desses irmãos e a partir daí passaram a ser usadas as salas anexas ao templo em construção, estando as mesmas ainda inacabadas.
O terreno para a construção do templo foi adquirido pela Igreja Presbiteriana de Sorocaba em janeiro de 1961, tendo sido iniciada de imediato a construção. O construtor foi o irmão Dorival Quevedo.
Já com o trabalho instalado nas salas do templo, o Conselho registrou um agradecimento ao casal pela dedicação na Seara do Senhor.
O templo foi consagrado no dia 05-09-1962 com a realização de culto solene e celebração da Eucaristia. Nessa ocasião  a igreja recebeu por Profissão de Fé e Batismo os seguintes irmãos: Leonor Gaidukas e Nair Silvina  de Camargo.
Nesse mesmo dia foram batizados os menores: Cassimiro Gaidukas, Jurandir Gaidukas e Sueli Gaidukas, filhos de  dona Pedra e ainda Segiolano Filho, Antonio Evaldo Cano, filhos de dona Leonor.
Os trabalhos em Vila Hortência foram dirigidos inicialmente pelo presbítero Manoel Mesquita o qual foi durante muito tempo o responsável pela Escola Dominical e pelos Cultos, incluindo os trabalhos realizados durante a semana.
Nesses primeiros tempos colaboraram com o trabalho em Vila Hortência outros irmãos e alguns seminaristas, destacando-se entre eles o hoje pastor Reverendo Roberto Pavilek. Foi no seu período de atuação que  a congregação cresceu bastante, surgindo o desafio para que o templo fosse construído.
Há que se registrar, além do trabalho do presbítero Manoel Mesquita a atuação de outros irmãos na direção do trabalho, como João Luiz Prestes, Hermas Pacheco Germano, presbítero Waldemar José Soave, Afonso Pontes, diácono Mariano de Camargo e no ano da organização em Congregação Presbiterial o irmão Luiz Mariano, presbítero em disponibilidade da IP de Londrina, PR, em processo de transferência para a IP de Sorocaba. 
A Congregação Presbiterial de Vila Hortência foi organizada em 22-04-1979 no pastorado do Reverendo Matheus Benevenuto Júnior, que pastoreou-a durante o transcorrer desse ano, sendo designado para auxiliá-lo o Seminarista Ramon Perez, que fez parte da Comissão Organizadora. Foram arrolados 23 membros comungantes e 9 não comungantes.
Nos anos de 1980 e 1981 e parte de 1982 esteve acompanhando o trabalho o pastor nomeado pelo Presbitério de Sorocaba Reverendo Benedicto Neves de Paula e o seminarista Ramon Perez. Nesse período a Congregação teve um acentuado desenvolvimento, tanto no número de membros como na arrecadação financeira.
O número de membros comungantes atingiu 63 e o de não comungantes 24. Nesses anos foram organizadas as sociedades domésticas: UMP, SAF e Coral.
Em junho de 1982 com a ordenação do então bacharel Ramon Perez, este passou a ser o pastor, nomeado pelo PSRC como responsável pela Congregação Presbiterial de Vila Hortência.
Em 1982 e 1983 atuaram como colaboradores no trabalho os seminaristas Walter da Silva Teixeira e José Marcos Mas de Melo, ambos agora pastores. O trabalho continuou prosperando tanto no aspecto financeiro como na membresia, chegando a 48 comungantes e 38 não comungantes em 1983. A Escola Dominical atingiu os 83 alunos e 6 oficiais com 5 classes organizadas.
Nessa época a CPVH adquiriu pisos, bancos de madeira, púlpito, geladeira, armários, ventiladores, fogão, luminosos, mesas, cadeiras, guarda-roupas, luminárias, carpete, vidros para as janelas, nova rede elétrica e outros materiais.
ORGANIZAÇÃO EM IGREJA
A Assembleia para a organização da Congregação Presbiterial de Vila Hortência em Igreja aconteceu no dia 29-09-1984 às 14 h 30 minutos no templo sito à Rua Fernão Sales nº 1326. A Comissão Especial designada pelo PSRC para essa finalidade foi integrada pelos irmãos: Reverendo Benedicto Neves de Paula (Presidente), Reverendo Manoel Peres Sobrinho (Secretário ad-hoc), Reverendo Ismael Andrade Leandro, Presb. Gediel de Moura e Presb. Amós Amaral.
Na organização foram arrolados 50 membros comungantes e 31 não comungantes Feita a eleição de oficiais, elegeram-se presbíteros os irmãos: Luiz Mariano dos Santos, Otávio Barth e Pedro Silveira Camargo.  Os eleitos foram examinados e instalados em 14-10-1984, exceção do Presb. Barth que foi instalado e empossado em ocasião posterior.
No dia 08-11-1984  às 21 h 45 minutos o Conselho da Igreja Presbiteriana de Vila Hortência realizou sua primeira reunião, presidida pelo seu pastor Reverendo Ramon Perez e a presença dos presbíteros Luiz Mariano dos Santos e Pedro Silveira Camargo.
Fonte: Livro de Atas nº 1 da Igreja Presbiteriana de Vila Hortência, folhas 1 a 12. 

 ATUALIDADES

Em 31-12-2012 a igreja contava com 56 membros comungantes e 09 não comungantes (menores). Possui SAF, UPH e UMP.em atividade. Sua Escola Dominical conta com 52 matriculados.
Seu pastor é o Reverendo. Alexandre Santos de Oliveira, que sucedeu o Reverendo Ramon Perez. 
Fonte: SE/Presbitério de Sorocaba.

 

ACERVO FOTOGRÁFICO

 

O Templo


SAF comemorando aniversário 


Jovens irmãos com o pastor Alexandre


Canto Coral


Povo de Deus na IPVH





15 – IGREJA  PRESBITERIANA DE VILA GALLI

A Igreja Presbiteriana de Vila Galli está localizada no bairro de mesmo nome, à Rua Francisco Verlangieri, 245, na cidade de Votorantim, SP.
Foi organizada em 08-11-1998 e seu pastor atual é o Reverendo Ismael Simões de Almeida.
Em 31-12-2012 a IP de Vila Galli contava em seu rol com 77 membros comungantes e sua Escola Dominical tinha 32 matriculados.
A igreja não conta com\sociedades internas e seus trabalhos são realizados em conjunto. 
A Igreja Presbiteriana de Vila Galli está jurisdicionada ao Presbitério de Sorocaba.

ACERVO FOTOGRÁFICO

Acampamento em conjunto com a
IP Parque São Bento 



Acampamento 2

Povo da IP Vila Galli - 2013


16 - IGREJA PRESBITERIANA DE SALTO DE PIRAPORA


A Igreja Presbiteriana de Salto de Pirapora começou seus trabalhos na cidade como uma congregação da I.P. do Bairro da Ilha. Foi organizada em 11-12-1976 e tem seu belo templo situado à Rua Francisco de Barros Leite, 527, Centro, Salta de Pirapora, SP.
O Pastor atual é o Reverendo  Rev. Lincoln Vieira Martinez.

Na página do Facebook da Igreja encontramos estes dizeres:

Nossa Visão:


Ser uma comunidade de discípulos responsáveis e reprodutivos, fortes na adoração, comunhão, proclamação, instrução e compaixão, influente na redenção dos seres humanos, a partir do seu contexto local, com os valores do evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, servindo-se de todos os recursos da modernidade compatíveis com a ética cristã.

Nossa Missão:

Glorificar a Deus, alcançando pessoas com a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo, levando-as à maturidade e equipando-as para o exercício do seu ministério. (Ef 4.1-16)


Nossos Valores:

- Soberania de Deus e Sua glória;
- As Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática;
- Salvação só pela Graça mediante a fé em Jesus Cristo;

- Serviço ao próximo como expressão do amor de Deus;
- Doutrina bíblica reformada.


 ACERVO FOTOGRÁFICO

 

O templo

 

O Conselho

 

Cantata de Páscoa - 2013

 

4 passagens para o Natal


Encontro de Casais


1º Ano Ministério de Células


Profissão de Fé


Bom ter jovens


e crianças



OS PASTORES

 

Achamos por bem agrupar as fotos os pastores que prestaram seus serviços nas nossas igrejas devido ao fato da repetição das fotos e nomes nas diversas igrejas.

Louvamos a Deus pela vida de Seus servos, muitos dos quais nos pastorearam e ainda nos pastoreiam nos dias atuais e a quem dedicamos todo o nosso respeito e admiração. Ei-los em ordem alfabética:


Abimael de Campos Vieira


Alecksandro Guimarães


Alexander Latimer Blackford


Alexandre Santos de Oliveira 


Amândio Pereira da Silva


Amaury Vassão de Oliveira


Anderson Faria Luiz


Anizio Batista


Antonio Pedro de Cerqueira Leite


 Benedicto Neves de Paula


Carlos Amendoira Júnior


Celso Pedroso Fontão


Claudio Martins de Oliveira


Davi de Campos Germano


 Dilermando Félix Pereira


Edvaldo Beranger


Eleazar Rodrigues Sobrinho


Eliel Fausto Botelho


Eli Barbosa


Ely Barbosa de Oliveira


Eude Carvalho da Rocha


Evaldo Beranger


Ezoil Paniágua Benitez


Flávio Reginaldo de Almeida


Francisco Chaves dos Santgos


Francisco José de Carvalho


George Whiterhill Chamberlain


Gionaldo Pereira Lima


 Gustavo Luiz do Prado


Helio Ribeiro Queiróz


Henrique de Oliveira Camargo


Homero de Almeida


Isac Silvério


Ismael Andrade Leandro


Ismael Simões de Almeida


 Ivanilson Bezerra da Silva


Jeferson Luz Bona


Jorcelino da Silva (Pastor Binho)


José Carlos Ferreira


 
José Marcos Mas de Mello


Josimar Coimbra da Silva


Jurandir Vieira Cardoso


Leocádio Carpiné


Luiz Henrique Filho


Luiz Henrique Sobrinho


 Manoel Peres Sobrinho

 
Mattathias de Campos Fernandes


Matheus Benevenuto Júnior


 Mauro Ribeiro de Freitas


Melson Aloysio de Oliveira


Moisés Martins de Aguiar


 Paulo Costivelli


Ramon Perez


Renato Camargo Filho


Renato Ribeiro dos Santos


Samuel José de Paula


Silas Rebouças Nobre


Wagner Aparecido dos Santos


Wagner Bernardi


Waldomiro Nunes da Fonseca Jr.


 Wellerson Evangelista


Wellington Scarcinati


Willes Banks Leite


Willian Kerr


Wilson Castro Ferreira



AGRADECIMENTOS

Nossos agradecimentos às pessoas que colaboraram para que pudéssemos realizar este trabalho. Vamos citar algumas delas que participaram mais diretamente, fornecendo informações ou fotos:

- Neide Martins de Almeida e Luis Gustavo Laureano – Fotos da IP Aliança Eterna
- Débora Antunes Vieira de Moura – Fotos da IP Salto de Pirapora.
- Cristina Wey Perez - Fotos da IP de Piedade. 
- Gil Barbosa de Freitas Filho - Fotos da IP do Jardim Bandeirantes - São Roque.


CONCLUSÃO

         Este trabalho pode ser melhorado através de críticas construtivas e sugestões. É assim que tenho feito com todas as postagens publicadas em meu blog.

        Portanto, se você tiver qualquer contribuição a fazer, poderá entrar em contato comigo através do e-mail indicado no final desta publicação, ou por mensagem no Facebook.


SOBRE O AUTOR DA POSTAGEM

Wilson do Carmo Ribeiro é industriário aposentado, pedagogo e historiador diletante. 
É presbítero em exercício da Igreja Presbiteriana do Brasil, servindo atualmente na Igreja Presbiteriana Rocha Eterna de Sorocaba.
E-mail: prebwilson@hotmail.com


















6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Excelente blor, por favor gostaria muito de ter o contato do Rev. Wagner Bernardi, poi meu reverendo da minha infancia, gostaria muito de ter contato com o mesmo . grato Fábio fabioc224@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Por favor, teria o Senhor alguma foto ou matéria
    sobre o Presbítero WILIAM LEITE DE OLIVEIRA
    DA IGREJA PRESBITERIANA DO CENTRO DE
    SOROCABA OU ALGUMA MATÉRIA SOBRE ELE?
    ELE DEDICOU MAIS DE 50 ANOS DE SUA VIDA
    E ERA PRESBÍTERO daquela Igreja.
    Se houver matéria poderia me enviar?
    Sou sua sobrinha, filha do irmão dele, nenê de
    Sorocaba.
    Aguardo.
    Naly de A. Leite
    obs.: gostei muito do conteúdo do Blog;

    ResponderExcluir
  4. Nal Araújo: Gentileza contatar-me pelo e-mail que aparece no final da postagem. Daí passarei para vc. o que sei sobre o Presb. William, que conheci muito bem.
    Grato.

    ResponderExcluir
  5. Atualizando suas informações:
    Infelizmente, por motivos estranhos ao escotismo e à Palavra de Deus, no tocante à evangelização, a Igreja Presbiteriana de Sorocaba encerrou as atividades do Grupo Escoteiro Baltazar Fernandes, expulsando mais de 100 jovens e Chefes escoteiros

    ResponderExcluir
  6. Sim, infelizmente o grupo mais antigo da cidade deixou misteriosamente de existir. Para um verdadeiro fã da moral que guiou o grupo nos idos do Rev. Mateus, estou muito triste com esta notícia.

    ResponderExcluir