terça-feira, 12 de dezembro de 2017

HOSPITAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - RESUMO HISTÓRICO ILUSTRADO

APRESENTAÇÃO



Como dependente de minha esposa sra. Claudineide Marra Ribeiro, professora aposentada do Governo do Estado de São Paulo, faço uso constante do IAMSP (Ceama) em Sorocaba, bem como das clínicas e hospitais conveniados.
Em julho de 2013, devido sofrer de cardiopatia chagásica (Doença de Chagas), tive parada cardiorrespiratória, sendo reanimado através de choques elétricos através do aparelho chamado desfibrilador.
Fiquei quinze dias na UTI da Santa Casa de Sorocaba, mais uma semana no quarto e saí de lá com um aparelho chamado desfibrilador portátil implantado em meu corpo. A finalidade do aparelho é dar choque no coração caso aconteça arritmia. Sem ele, teria morte súbita
O histórico completo sobre este episódio você pode ler clicando aqui: http://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/2013/09/doenca-de-chagas-minha-luta.html
Ocorre que o referido aparelho é composto por um gerador, bateria e fios que são conectados ao coração. Tal bateria tem duração aproximada de cinco anos. No meu caso durou 4 anos e 5 meses e quando foi percebido na avaliação quadrimestral realizada, restava apenas 2% da carga, suficiente para apenas um choque se necessário fosse. Após isso, eu estaria “a descoberto”.
“CORRERIA” E SOLIDARIEDADE
Com situação tão delicada, não perdemos tempo: No dia seguinte estávamos no Hospital do Servidor Público de São Paulo visto que no momento o serviço especializado (troca do gerador) não está disponível em Sorocaba. As funcionárias Ana Laura e Bruna do CEAMA em Sorocaba foram as responsáveis pelo rapidíssimo contato com o hospital em São Paulo, deixando tudo   acertado verbalmente e entregando-nos uma carta que levaríamos ao Serviço de Cardiologia, instalado no 11º andar do Hospital do Servidor.
Lá chegando, fomos recebidos com imensa atenção e gentileza pela funcionária Roseli Franca. Na ausência do médico responsável, fomos atendidos e avaliados pelo diretor da área de cardiologia, o Dr. Ney Valente, um simpático e atencioso senhor já de certa idade.
Ele determinou nossa internação urgente para que ficássemos monitorados e na semana seguinte fôssemos cirurgiados, o que ocorreu com a participação do Dr. Marcelo e Dra. Daniela.
Só encontramos gente que nos tratou de forma maravilhosa: médicos, enfermeiras, camareiras, etc. e também o pessoal da capelania, tendo sido visitados pelas capelãs Eleni Vassão e Cleide.
No meu quarto estava internado o Professor. Manoel, acompanhado da esposa professora Magda, residentes em Mogi das Cruzes, nós evangélicos presbiterianos e eles budistas. Houve muita troca de informações, em especial pelas esposas acompanhantes. A amizade vai durar por muito tempo se Deus assim o permitir.
FOTOS COM O PESSOAL DO HOSPITAL E DE NOVAS AMIZADES

Como minha esposa faz amizade com muita facilidade, começou a tirar fotos com os vizinhos internados e respectivos acompanhantes e também com o corpo médico e outros profissionais do hospital. Fez amizade também com o pessoal da capelania evangélica, sendo que somos conhecidos de longa data da capelã irmã em Cristo Eleny Vassão.
Daí ficaram sabendo que sou blogueiro e viram alguns trabalhos meus. Aí então fizemos vários fotos para este trabalho que estou realizando. Não vai ser possível colocar os nomes de cada um mas o pessoal vai se identificar  na seção Galeria Ilustrativa que faz parte desta postagem.
Este trabalho, além de histórico sobre o Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, é uma forma de agradecer pelo excelente atendimento que nos prestaram. Que Deus abençoe a todos.
HISTÓRIA DO HOSPITAL
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe)  é um órgão do Governo do Estado de São Paulo, vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão.
Antigo Departamento de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Damspe), o instituto foi criado em 1961 para oferecer atendimento médico a servidores públicos estaduais, seus dependentes e agregados por meio do Hospital do Servidor Público Estadual, em São Paulo.
Hoje, o Sistema de Saúde Iamspe  oferece atendimento por uma extensa rede própria e credenciada presente em mais de 170 municípios e composta por hospitais, clínicas, laboratórios, além de médicos que atendem em consultórios e clínicas particulares, sem custo adicional para os usuários.
Essa história começou em 1948, quando o deputado Pinheiro Jr. apresentou um projeto de lei para a criação de um “Serviço Social e de Assistência ao Servidor Público Estadual”. Apesar de não aprovado, o projeto mobilizou legisladores e representantes de associações que transformaram a ideia na resolução governamental nº 289/51.
Em 1952, foi aprovada a criação do Departamento de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Damspe). O órgão seria responsável por viabilizar o atendimento médico a 400 mil pessoas incluídos os 98 mil servidores e seus dependentes.
Definiu-se a construção de um hospital que atenderia apenas os servidores estaduais e seus dependentes. Em 25 de janeiro de 1957, o governo de São Paulo lançou a pedra fundamental das obras do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), prédio projetado para ter 15 andares, 200 apartamentos, 1.200 leitos e oferecer atendimento em 15 especialidades.
O Hospital do Servidor Público Estadual foi inaugurado no dia 9 de julho de 1961, com presenças ilustres, como do então presidente Jânio Quadros. Em 29 de janeiro de 1963, por meio do decreto 51606, o hospital passou a se chamar Hospital do Servidor Público Estadual Francisco Morato de Oliveira, homenageando o responsável pela obra. 
LINHA DO TEMPO 
Picture1952
Criação do Damspe.
Movie1957
Inicio da construção do HSPE.
Picture1961
O Hospital do Servidor Público Estadual foi inaugurado no dia
 9 de julho de 1961, com presenças ilustres, como do então 
presidente Jânio Quadros

Location1962
Descentralização do atendimento para o Interior do Estado (convênios).
Location1966
Regime jurídico muda o Damspe para Iamspe
(vinculado à Secretaria da Fazenda).
Movie1968
Desvinculação da Secretaria da Fazenda, passando à Secretaria de Trabalho e Administração.
Movie1970
Aprovação do regimento interno do Instituto de Assistência ao Servidor Público Estadual.
Regulamentação das atividades do ensino e pesquisa (Cedep).
Movie1984
Criação dos ambulatórios do Iamspe no interior (Ceamas).
Movie1987
Transferência da Secretaria de Trabalho e Administração para Secretaria de Saúde.
Movie2008
HSPE passa a ser subordinado à gestão pública.
Abertura de credenciamento de profissionais de saúde, hospitais e clínicas.
Celebrado Acordo de Resultados entre a Secretaria da Gestão e Iamspe que prevê aporte de R$ 250 milhões para ampliação do atendimento até 2010. A partir de 2010, repasses passaram a ser fixos.
Modernização do Serviço de Exames por imagem.
Revisão dos valores pagos por consulta médica.
Reestruturação do Centro de Desenvolvimento e Pesquisa (Cedep).
Movie2009
Início do credenciamento de médicos para atender usuários em consultórios e clínicas particulares.
Contratação direta de rede de laboratórios de análises clínicas e de imagem, totalizando 140 unidades no Estado.
Implantação de sistema informatizado de relacionamento com prestadores de serviço, reduzindo custos e chances de fraudes.
Distribuição de exemplares do Guia do Usuário e emissão de carteirinhas, facilitando uso do Sistema de Saúde Iamspe.
Movie2010
Iamspe alcança meta definida no Acordo de Resultados e eleva de 113 para 200 total de cidades com atendimento médico local.
Reforma e modernização de instalações e equipamentos dos Ceamas, os postos de atendimento próprios do Iamspe.
Aquisição de acelerador linear de última geração, equipamento usado no tratamento de câncer.
Movie2011
Hospital do Servidor Público Estadual completa 50 anos Realização do 1º Congresso Internacional do Idoso.
Início do desenvolvimento do projeto para tornar HSPE um dos primeiros hospitais Amigo do Idoso na América Latina.
Implantação do Portal Coorporativo Iamspe, a intranet.
Movie2012
Reforma da cozinha e do refeitório do Iamspe com 600 lugares e capacidade para servir 4.500 refeições diárias.
Lançamento do Programa Integralidade, base do Projeto Hospital Amigo do Idoso, que prioriza qualidade, humanização e envelhecimento ativo e saudável.
Início da digitalização e armazenamento de 31 milhões de prontuários médicos.
Pesquisa junto a usuários aponta 81,4% de aprovação dos serviços.
Movie2013
Início da reforma e ampliação do complexo Iamspe em 34 mil metros quadrados.
Governo anuncia criação do Cartão de Benefícios do Servidor, que prevê descontos e facilidades como parte da política de valorização do servidor estadual .
Aumento de 45% nas consultas oferecidas na rede própria e credenciada.
Movie2014
Iamspe na Secretaria de Planejamento e Gestão.
Entrega do novo Pronto-Socorro Adulto, com mais espaço e adaptado para população idosa.
Inaugurada nova ala do Serviço de Quimioterapia.
Início da oferta do Plano Odontológico para servidores e seus dependentes.
Programa de Gerenciamento de Pacientes Crônicos, que atendia 27 mil servidores no Interior, passa a atender usuários na Capital.
Movie2015
Entrega do Centro de Diagnóstico por Imagem, parte das reformas do complexo hospitalar.
Mais de quatro mil servidores participam da Oficina de Sensibilização para o Envelhecimento.
HSPE obtém selo inicial Hospital Amigo do Idoso.
Movie2016
Término da primeira fase das obras físicas de reforma do complexo hospitalar, incluindo o Prédio de Utilidades e o voltado para atendimento aos idosos, o centro cirúrgico e a nova torre de elevadores.
Início da modernização do Portal do Iamspe.
Movie2017
Início das atividades no Centro de Integralidade, prédio construído para abrigar ações destinadas ao público idoso.
Realização do 2º Congresso Internacional do Idoso, de 08 a 10 de junho.

CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11) 5583-7001 | PABX: (11) 4573-8000 | AV. IBIRAPUERA, 981 - SÃO PAULO (SP) | CEP: 04029-000 | CNPJ: 60.747.318/0001-62


ILUSTRAÇÕES

1 - DO HOSPITAL




























Fonte: Internet

2 - DO PESSOAL DO HOSPITAL


Dr. Ney Valente, Diretor
do Serviço de Cardiologia
(Um gentleman - nos avaliou
na ausência do responsável
que estava participando de
um congresso)



Dr. Jefferson Curimbaba, chefe da Enfermaria 
de Cardiologia do IAMSPE


Roseli Franca Anjos, a
eficiente secretária


 Parte da equipe de cardiologia
que nos atendeu (Dr. Ney, Dra. Livia, 
Dra. Emanuelle, Dra. Danielle 
e enfermeira Tatiane


Juntamo-nos a eles para uma despedida


Equipe de enfermagem da Clínica Médica no
15º andar onde ficamos instalados por dois dias,
mais uma amiga que fizemos lá, sra. Inocência.
 Acompanhava seu irmão interno residente 
em Sorocaba


 Mais uma amiga enfermeira


A fotógrafa mor dona Claudineide com
a Dra. Livia Nascimento de Matos. 



Dra. Emanuelle de Oliveira Lemes, médica que foi
responsável pelo nosso acompanhamento clínico nos
dias que antecederam a cirurgia

 Tatiana Kamikawa
Enfermeira chefe  da equipe 
de cardiologia


 3 - DA NOSSA ESTADIA NO HOSPITAL


Ida pela Viação Cometa, metrô e táxi


 Alimentação balanceada


A caminho do centro cirúrgico


Já operado e feliz com o resultado

 Paisagem paulistana vista do 11º andar
onde estávamos internados. (região do Ibirapuera)


Vista noturna da mesma região



Painel na sala da capelania evangélica


Com a capelã evangélica Eleny Vassão


Membro da capelania, falando e cantando
para ânimo aos pacientes


Com nossa irmã e vizinha de Sorocaba
Cleuza, enfermeira que aposentou
trabalhando no Hospital do Servidor


Com o companheiro de quarto, educador físico
 Sr. Manoel e sua esposa professora Magda


As colegas - professoras aposentadas -
Claudineide (evangélica presbiteriana)
 e Magda (budista) se tornaram amigas


Com nossa filha Eliane que nos visitou 
com o marido Luiz Rodolfo


Com nosso filho Artur, que foi nos buscar 
após a alta médica


 Deixando o hospital, feliz pelo atendimento 
recebido e pela constantes bênçãos do Senhor


4 - DO IAMSP EM SOROCABA


Vista interna


Médico clínico Dr. Geraldo José Maiello



Enfermeira Bruna Ayres Dias, 
que com sua companheira



 Ana Laura Lamounier nos
 encaminharam  de forma 
urgentíssima ao Hospital 
do Servidor


Eliza Rosa F. de Deus
Funcionária e amiga pessoal

CONCLUSÃO


         Este trabalho pode ser melhorado através de críticas construtivas e sugestões. É assim que tenho feito com todas as postagens publicadas em meu blog.

        Portanto, se você tiver qualquer contribuição a fazer, poderá entrar em contato comigo através do e-mail indicado no final desta publicação. 


SOBRE O AUTOR DA POSTAGEM


Wilson do Carmo Ribeiro é industriário aposentado, professor e historiador diletante. 
É presbítero emérito da Igreja Presbiteriana do Brasil e membro da Igreja Presbiteriana Rocha Eterna de Sorocaba.
E-mail: prebwilson@hotmail.com