quarta-feira, 22 de abril de 2015

HISTÓRIA DA IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM SIMUS

APRESENTAÇÃO


No início da década de 1950 o Jardim Simus contava com meia dúzia de casas, todas localizadas na Rua Américo Figueiredo, que tinha esse nome somente até chegar à primeira descida. Daí em diante a mesma via pública recebia o no de Rua das Flores.
         Dentre as famílias residentes no local estava a dos Bernardi, cujo chefe da família era sócio da Loja Renner no centro da cidade. O restante dos terrenos ainda era coberto por plantação de eucaliptos que pertencera às Indústrias Matarazzo.
        Já no primeiro grande declive daquela via pública uma das primeiras casas construídas foi a do Sr. Claudino Batista Marra, que após trabalhar alguns anos como evangelista da Junta de Missões Nacionais da IPB em Guanhães, Zona da Mata de Minas Gerais fixou residência em Sorocaba e aqui continuou sua atividade, agora como agente da Associação Evangélica Beneficente.
        A casa dos Marra foi construída pelo mesmo mestre de obras que edificou o prédio do Hospital Evangélico de Sorocaba, Sr. João Valim, cuja família frequentava a 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba.
Já a família Marra pertencia à Igreja Presbiteriana de Sorocaba e as crianças estudavam no Grupo Escolar Monsenhor João Soares, na Avenida General Carneiro. Uma dessas crianças, a menina Claudineide, que lá residiu dos sete aos quinze anos é quem me proporcionou estas informações.
      Em 15-05-1965, com o nome de Claudineide Marra Ribeiro ela se tornou minha esposa. Dois irmãos mais novos delas se tornaram pastores presbiterianos: Reverendo Claudio Antonio Batista Marra e Reverendo Eliezer Batista Marra.
      A casa pioneira lá está até os dias de hoje sem nenhuma alteração em sua fachada. É a única remanescente daquela época em que um bairro que parecia ser insignificante, veio a se tornar uma célula pujante da cidade de Sorocaba.


        
Casa que pertenceu à família Marra 
no Jardim Simus (foto de 2009)



HISTÓRICO OFICIAL DA IP DO JARDIM SIMUS

Esta é a transcrição da origem do trabalho presbiteriano no Jardim Simus, bairro situado a oeste da cidade de Sorocaba:O trabalho no Jardim Simus nasceu do ímpeto missionário da Igreja Presbiteriana da Vila Fiori, somado ao idealismo cristão da expansão do Reino de Deus do Rev. Celso Pedroso Fontão, que era então, o seu pastor na época.
Registros de Atas oficiais informam-nos que em maio de 1996 foi encaminhada uma carta à Vila dos Velhinhos pelo Conselho da Igreja com a finalidade do início de um ponto de pregação em um de seus terrenos. Em 18 de setembro, do mesmo ano, a Igreja recebe o direito de uso do terreno através do registro de documento particular para atividade religiosa. Em 22 de fevereiro de 1997 ocorre a inauguração do salão de cultos da Congregação do Jardim Simus, fixando como responsáveis do culto de domingo às 18:00h o Pb. Heber José de Almeida e o Diác. Celso Ribeiro Fiúza; para os cultos das quintas-feiras às 19:30h os responsáveis seriam o Pb. Zeferino Batista Camargo e o Diác. Ademir Rodrigues Soler. Em 21 de julho de 1997 inicia-se a Escola Dominical às 15:00h. De 1997 a 1999 esteve à frente do pastorado da Igreja o Pr. Eude Carvalho da Rocha, sendo o responsável pelo culto dominical da Congregação; a superintendência da Escola Dominical ficou sob a responsabilidade do irmão Silvano de Brito Maciel. Em fevereiro de 1999 resolve-se construir uma sala de aula com dependências para a cozinha, recebendo alguns utensílios doados pelos membros. Em 23 de dezembro de 2000 a Congregação passa a ser oficialmente Congregação Presbiterial, tendo à frente de seus trabalhos o Rev. Jurandyr Vieira Cardoso. Em 2009 a Congregação comprou o terreno que usa atualmente por R$ 75.000,00, para ser quitado até setembro de 2011, mas antecipou-o totalmente em dezembro de 2010. Em fevereiro de 2011 assumiu o pastorado da Congregação o Rev. Manoel Peres Sobrinho até o momento.
(Fontes bibliográficas: Manuscrito do Pr. Celso Pedroso Fontão; Dados de Atas Oficiais da IP Vila Fiori coligidos pelo Secretário do Conselho Pb. Zeferino Batista Camargo; E-mail do Pb. Heber José de Almeida; Depoimento por escrito do Pr. Jurandyr Vieira Cardoso.”  



A ORGANIZAÇÃO DA IGREJA  

A Igreja Presbiteriana do Jardim Simus foi organizada em 28-07-2012. Foram eleitos presbíteros os irmãos Josias Vieira Cardoso e Marcos Melo os quais, juntamente com o Rev . Manoel Peres Sobrinho passam a constituir o Conselho da nova igreja. O rol de membros registrados ficou sendo o seguinte: Comungantes: 28; Não Comungantes: 2. A Igreja Presbiteriana do Jardim Simus está localizada à rua dos Miosótis nº 70, Jardim Simus, Sorocaba, onde tem o seu templo.


ACERVO FOTOGRÁFICO



Interior do templo


Rev. Celso Pedroso Fontão
O idealizador


 
Rev. Eude Carvalho da Rocha
Pastoreou a Congregação


Rev. Jurandyr Vieira Cardoso
Pastoreou a Congregação


Rev. Manoel Peres Sobrinho
Organizou o trabalho em Igreja


 
Diácono Ademir Rodrigues Soler
Um dos primeiros responsáveis
pelos cultos dominicais


 Silvano de Brito Maciel
1º Superintendente da
Escola Dominical

Outras Fotos
Fonte: Blog Fragmentos


Culto na IP do Jardim Simus

    
 
Professora Maria Eli Oliveira prega
no Dia da Mulher Presbiteriana (2013)


Presb. Eugênio Carlos de Campos
e esposa d. Juraci Cândido de
Campos - membros organizadores


Diomar Vieira Peres e
Tatiana Peres - membros
organizadores


Luciana Peres -
membro organizador


 
Ivan Vieira
Membro organizador


Diva Vieira Antunes
Membro organizador


AGRADECIMENTOS


Foi graças a colaboração do Reverendo Manoel Peres Sobrinho, dileto pastor que conhecemos desde antes de sua ida para o seminário e que foi nosso pastor por duas vezes em Alumínio e Mairinque nas décadas de 1980 e 1990, que podemos apresentar o Histórico oficial da Igreja Presbiteriana do Jardim Simus, a caçula de nossas igrejas no Presbitério Leste Sorocabano. Que Deus o abençoe.



SOBRE O AUTOR




Wilson do Carmo Ribeiro é industriário aposentado, pedagogo e historiador diletante. É presbítero em exercício da Igreja Presbiteriana do Brasil, servindo atualmente na Igreja Presbiteriana Rocha Eterna de Sorocaba.




Nenhum comentário:

Postar um comentário