sábado, 18 de abril de 2015

HISTÓRIA DA IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM SÃO PAULO

APRESENTAÇÃO



          Conheci o trabalho presbiteriano no Jardim São Paulo bem no seu início, quando eu ainda era membro da Igreja Presbiteriana de Alumínio e tinha fortes ligações com a IP Filadélfia, que foi a igreja que iniciou o trabalho no bairro e que deu origem à Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo.
         Passados alguns anos, por força de meu trabalho na Companhia Brasileira de Alumínio tive muitos contatos comerciais com a Serralheria Globo, de propriedade do Presbítero Ângelo Benetti e eu era atendido por sua filha Adriana, algum tempo depois viria a se casar com o Reverendo Ivanilson Bezerra da Silva.
         Tendo transferido residência para o município de Araçoiaba da Serra e me tornado membro da Igreja Presbiteriana local e eleito presbítero da mesma no ano seguinte, fui incumbido pelo Conselho de escrever a História oficial daquela igreja,o que fiz pesquisando os livros de atas do Conselho, abrangendo o período de 1941 a 2006.
         Foi então que fiquei sabendo que a Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo, no pastorado do Reverendo Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior de 1989 a 1994 acolheu a igreja-irmã de Araçoiaba,que voltara ao status de Congregação. Daí em diante meu contato com a IP do Jardim São Paulo se tornou bastnte constante pelo contato com os representantes da igreja nas reuniões do Presbitério de Sorocaba.
         De 2011 para cá tenho procurado escrever a História das Igrejas Presbiterianas de nossos dois presbitérios de Sorocaba e fiz também a do Jardim São Paulo. De início, coloquei-a junto com as demais do Presbitério de Sorocaba: http://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/2015/01/o-presbiterianismo-em-sorocaba-e-regiao.html
         Agora, tenho o prazer de apresentá-la separadamente.
 Deus vos abençoe.



HISTÓRICO (oficial)

" Conforme está escrito na ata nº 545 da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, do dia 05/nov/1966, “em face do fato de membros desta Igreja residirem no bairro Jardim São Paulo, e realizarem regularmente Escola Dominical com média de 60 alunos resolve-se organizar o Ponto de Pregação do Jardim São Paulo em casa doe está escrito na ata nº 545 da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, do dia 05/nov/1966, “em face do fato de membros desta Igreja residirem no bairro Jardim São Paulo, e realizarem regularmente Escola Dominical com média de 60 alunos resolve-se organizar o Ponto de Pregação do Jardim São Paulo em casa do irmão Vicente Gomes Ribeiro, confiando-se a direção deste trabalho aos cuidados do irmão Rubens Kerstem que foi o iniciador e mantenedor da obra naquele bairro.
Considerando-se que já há um lote de propriedade desta Igreja naquele bairro e que os irmãos lá residentes empenhar-se-ão em organizar em definitivo a Congregação, resolve-se submeter à Assembleia Geral Extraordinária marcada para o dia 19/nov/1966, o plano de construção de um templo com indicação de recursos que aqueles irmãos levantarão para este fim”. Estava assim, oficialmente iniciado o trabalho evangelístico no bairro do Jardim São Paulo, muito embora o trabalho já existisse de fato, por iniciativa do irmão Rubens Kerstem. O plano de construção foi aprovado na Assembléia de 19/nov/1966 e o lançamento da pedra fundamental de um Edifício de Educação Religiosa, planejado para três pavimentos aconteceu apenas no dia 08/dez/1968, com culto festivo às 14 horas. Em 1969 o trabalho já não estava sob a direção do irmão Rubens, mas sim do Presbítero Alcindo do Prado. Daí para frente vários irmãos continuaram o trabalho no Ponto de Pregação do Jardim São Paulo. O trabalho alcançou um certo desenvolvimento, a construção prosseguiu até a fase de poder ser utilizado o pavimento térreo para as reuniões que imediatamente foram transferidas para este local na então Rua 05 do loteamento do Jardim São Paulo, hoje Rua Adalgiso Loureiro de Almeida, 359. Alguns movimentos foram de extrema dificuldade para esta Congregação, havendo até o pensamento de se fechar o trabalho. A partir de 1983, o trabalho começou a ganhar um novo impulso, com a nomeação do irmão Carlos Roberto de Mello Más para a direção da Congregação. Por esta ocasião já havia fixado residência no bairro o irmão Sérgio Rodrigues, que juntamente com a esposa e filhos passaram a engajar a liderança da comunidade. Outras famílias vieram e o trabalho entusiasta de jovens da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, como das irmãs Denise e Deise Vieira e do jovem Claudio Olinto de Oliveira Garcia, vieram dinamizar o trabalho na Congregação trazendo-a para os dias atuais. Depois do irmão Carlos Más, a liderança da Congregação esteve por algum tempo sob responsabilidade do Presbítero Luiz Mariano dos Santos  Sobrinho, já falecido, tendo retornado o irmão Carlos Más e posteriormente esteve sob responsabilidade do irmão Paulo Sérgio Carvalhaes. Em 1987 aconteceu o primeiro pedido ao Presbitério de Sorocaba (PSRC) para organização da Igreja, sendo tal pedido negado pelo Concílio. No ano seguinte (1988) novo pedido é feito e apresentado, tendo sido convidado para aquele ano o Licenciado Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior para trabalhar com a comunidade. Obedecendo aos trâmites legais, a Congregação foi organizada em Igreja em 19/fev/1989 por uma comissão especialmente nomeada pelo Concílio para este fim, cujo Relator foi o Rev. Jurandir Vieira Cardoso. Foram eleitos na ocasião, para o presbiterato os irmãos Saulo de Oliveira, Manoel Gomes, Sérgio Rodrigues e Ângelo Benetti, e para o Diaconato os irmãos Antonio Celso Bueno, Laércio Gonçalves de Moura, Moisés Schlic e Joaquim Gabriel Floriano. Tomou posse como Pastor Designado  pelo Concílio (PSRC), para a nova Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo em Sorocaba, o Rev. Waldomiro Nunes da Fonseca Júnior, sendo o mesmo eleito pela Igreja no ano seguinte (1990). O trabalho foi iniciado no pastorado do Rev. Abimael de Campos Vieira à frente da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba, e por esta igreja passaram os seguintes Pastores Rev. Moises Aguiar, Rev. Ismael Andrade Leandro, Rev. Celso Pedroso Fontão, e finalmente no ano de organização da Igreja Presbiteriana do Jardim São Paulo estava a frente da Igreja Filadélfia o Rev. Eliel Fausto Botelho."


ACERVO FOTOGRÁFICO


 
 
Templo da IP do Jardim São Paulo

 
Presb. Alcindo do Prado 

  
Dr. Carlos Roberto Más de Melo
 
Presb. Paulo Sergio Carvalhaes

 
Presb. Ângelo Benetti  
 

 
Presb. Saulo de Oliveira  

 
Presb. César Augusto Freddy


Cecilia Cesar Freddy


 Cultuando a Deus
 


e louvando


 Recepcionando novos membros


 
 Nilza D. Camargo Swartz
 Trabalho Feminino
 
Denise Vieira  
 Trabalho Feminino   

 
 Deise Mega de Oliveira
Trabalho feminino

ALGUNS PASTORES


Rev. Waldomiro Nunes da
 Fonseca Júnior


Rev. Edvaldo Beranger 


Rev. Gustavo Luiz do Prado



 ATUALIDADES


Endereço: Av. Padre Joaquim Gonçalves Pacheco, 304 

– Jd. São Paulo – Sorocaba – SP – CEP 18051 – 490. Organizada em 19/02/1989. Membros comungantes 63; não comungantes 18.  Alunos Escola Dominical: 28. Sociedades Internas: SAf e UCP.

(Dados de 31-12-2-12)
Fonte  SE/Presbitério de Sorocaba.  



  SOBRE O AUTOR

Wilson do Carmo Ribeiro, 73 anos, casado, residente em Sorocaba, é industriário aposentado, pedagogo e historiador diletante.  É presbítero em atividade na Igreja Presbiteriana do Brasil.
Blog do Ribeiro: http://wilson-ribeiro.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário