quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

MINISTÉRIO ESCUDEIROS DA FÉ - 5O ANOS LOUVANDO AO SENHOR

      O Jubileu de Ouro do Ministério Escudeiros da Fé foi comemorado com um culto de ações de graças na 7ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba e o conjunto cantou diversos hinos, tanto com a atual formação como também com aqueles que já participaram e hoje não integram mais o conjunto. Como sempre, as músicas foram executadas bem ao estilo do conjunto: muita técnica e suavidade, acompanhadas com maestria pelo jovem músico Lucas Machado Vieira, da Igreja Presbiteriana Central de Salto de Pirapora.
     O portador da mensagem foi o Reverendo Paulo de Góes, que foi pastor por muitos anos na 1ª IPI de Sorocaba e estará recebendo a jubilação no dia 04-12-2011 na IPI Central de Votorantim. Com base em I Samuel, capítulos  16 e 17 ele trouxe a mensagem, discorrendo sobre  as “armas” de Davi, afirmando que a funda é a Palavra (racional) e a harpa é a Música (emoção), destacando que   Escudeiros da Fé sempre se utilizou da segunda para atingir seus objetivos,
            A formação atual do conjunto é esta: Tito dos Santos, baixo – presbítero na Igreja Batista Independente de Sorocaba; Silas dos Santos, 1º tenor – presbítero na Igreja Presbiteriana de Sorocaba; Levy – baixo, pastor na Igreja Batista Shalom de Sorocaba; Davi – barítono, presbítero na 5ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba; Ademir, 2º tenor, presbítero na Igreja Presbiteriana de Salto de Pirapora; Nelson – barítono, presbítero na 7ª IPI de Sorocaba; Silvio, 1º e 2º tenor, tesoureiro da 7ª IPI de Sorocaba


 "Escudeiros" de todos os tempos

 
 
    Formação atual


  Acima o Presb. Oswaldo Pelegrini Fantasia


 
Rev. Paulo de Góes, portador
da mensagem 


 Rev. Heitor Beranger Jr.
pastor da igreja\ hospedeira

 UM POUCO DE HISTÓRIA

        Tudo começou no ano de 1961 quando uma classe de Escola Dominical da então Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba recebeu o nome de Escudeiros da Fé. O Presb. Orlando do Prado Ferreira, que sempre foi um grande admirador do canto masculino em quatro vozes e amava a boa música, incentivava os adolescentes para que formassem um quarteto masculino. E isso acabou acontecendo.
        Três jovens, por sugestão do Presb. Orlando, que era o professor da classe, se juntaram a ele e formaram o Quarteto Escudeiros da Fé. O nome foi por causa da classe à qual pertenciam na Escola Dominical. Fizeram parte dessa formação os jovens Oswaldo Brisola Soares, Alexandre Sátilas Ricco e Tito dos Santos, os quais se juntaram ao idealizador, Presb. Orlando do Prado Ferreira. O objetivo era um só: Louvar ao Senhor Deus, levar a mensagem da boa nova da graça e do amor de Deus ao coração do pecador.
        Embora a falta de experiência dificultasse na hora dos ensaios, prejudicando o aprendizado, o esforço e as orações de todos da igreja permitiu que as dificuldades fossem superadas e o Quarteto Escudeiros da Fé foi se tornando uma realidade.
      Num primeiro momento alguns nomes foram se agregando ao nascente ministério: Vieram: Silas dos Santos, Levy Ferreira Mesquita e Azor do Prado Ferreira. No período de 1969 a 1972 integrou o conjunto como organista o maestro José Crlos Delfini.
         Passados nove anos surgiu a oportunidade de fazer a gravação de um disco. O projeto se tornou realidade e um LP com doze hinos foi disponibilizado, trazendo como título “Abre-me Os Olhos”, com total aceitação dos amantes da boa música evangélica. No lado A do disco estavam as canções: Santo, Santo, Santo; Conta-me a História de Cristo; Com Fé Me Apego a Ti; Sou Feliz com Jesus; Hei de Estar na Alvorada e Bela Manhã. Já no lado B constavam os hinos: Castelo Forte é Nosso Deus; A Fé de Nossos Pais; Rosa de Sarom; Abre-me Os Olhos; A Noite Já Finda e A Manhã Gloriosa.
        Passado algum tempo e animados com a boa aceitação do primeiro trabalho o quarteto partiu para a gravação do segundo álbum com o título “Autor da Natureza”, o qual trouxe na face  A: Bela Cidade; Terra Feliz; Coração Alegre; Deus é Amor; Deus dos Antigos e Morreu para Nos Salvar. Na face B: Autor da Natureza; Erguei-vos Jovens; Hino de Amor; Ó Tu Belém; Cântico de Natal e Cristo Nasceu. Os dois discos tiveram  como produtor e diretor Mário Vieira e o primeiro álbum contou com uma apresentação escrita na contracapa feita pelo Reverendo Onésimo Augusto Pereira, pastor da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba.
        Passado algum tempo o Reverendo Doraci Natalino de Souza veio a integrar o conjunto, permanecendo um por um bom espaço de tempo.
        Mais recentemente alguns ex integrantes do grupo voltam a se juntar ao “Escudeiros da Fé”. O agora Pastor Levy Ferreira Mesquita, e  é convidado também Davi de Brito Maciel, cujas ligações com o grupo remontam ao período em que uma congregação da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba começou a funcionar na casa de seu pai, Presb. Nelson de Brito de Maciel.
        Por motivos de cuidados com a saúde os irmãos Silas dos Santos e Levy Ferreira Mesquita teriam de se ausentar temporariamente do grupo, sendo então convidado o irmão Silvio de Góes Menino, cuja ligação com Escudeiros vem da infância quando sua família era zeladora da 1ª IPI de Sorocaba. Foi convidado também e integra o grupo Ademir de Góes Vieira, que é da cidade de Salto de Pirapora, preenchendo um espaço que estava em aberto no canto de quatro vozes. Veio também o irmão Nelson de Oliveira, carinhosamente chamado de Nelsinho, filho de Betel.
        Cada integrante do grupo tem seus afazeres em família e nas igrejas às quais pertencem, porém unidos, encontram tempo para realizar os ensaios e cantar,  levando  a mensagem de Deus através da música.
      As famílias de cada um se integram ao trabalho deste ministério. São esposas, filhos e netos que sempre acompanham como se uma só família fosse.
Parabéns ao Ministério Escudeiros da Fé e que Deus continue Sua obra através deste profícuo ministério.

(Transcrito do programa do culto de ações de graças, com adaptações)
 

Escudeiros da Fé em seus primeiros tempos

 
 emplo Antigo da 1ª Igreja Presbiteriana 
Independente de Sorocaba, onde nasceu
o Quarteto Escudeiros da Fé.
 

Interior do templo


 
Presb. Orlando do Prado Ferreira, idealizou
e fez parte da 1ª formação do conjunto


 
  1º LP do Quarteto Escudeiros da Fé, 
gravado em 27-02-1970


 Contracapa


 
 2º LP, gravado em 15-10-1970


Contracapa

Rev. Onésimo Augusto Pereira, pastor
da 1ª Igreja Presbiteriana de Sorocaba,
autor da apresentação do grupo na
contracapa do primeiro LP.

ALGUNS VIDEOS DOS ESCUDEIROS DA FÉ (You Tube)












       Os três primeiros videos foram postados no You Tube pelo Presb. Levy de Brito Maciel. Os demais foram gravados pela professora Claudineide Marra Ribeiro no dia 26-11-2011 na 7ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba e postados pelo Presb. Wilson do Carmo Ribeiro. Também são de autoria da irmã Claudineide as fotos do culto que comemorou os 50 anos do Ministério Escudeiros da Fé.

      Esta matéria foi produzida pelo Presbítero Emérito Wilson do Carmo Ribeiro, que tem acompanhado a carreira do conjunto desde a época de sua organização, que coincide com a profissão de fé de Wilson, que teve a oportunidade de trabalhar junto com um dos integrantes do grupo (Silas) em Alumínio.
      Foi uma honra e um privilégio ouvir durante esses cinquenta anos os cânticos suaves e edificantes desses irmãos que dedicaram esse tempo de suas vidas num ministério tão importante no trabalho de nosso Mestre e Senhor - Jesus Cristo.

 Presb. Wilson e esposa Claudineide

2 comentários:

  1. escudeiros da fé..me lembro de um dos componentes que trabalhava na CBA, estou certo?
    Era o morenão, que ra uma pessoa muito simpática e frequentava o nosso barzinho. Homem tranquilo, como todo cristão deve ser. Confirme por favor, se não for dos escudeiros era Arautos do Rei ou coisa assim...ajude a minha memória. Muito boa recordação!

    ResponderExcluir
  2. Olhando melhor e relendo..puxa vida! é mesmo o Silas!
    Esse grande servo de Deus, marcou-me como pessoa íntegra!
    Se puder me envie o endereço de Email ou contato com ele...será um privilégio se puder falar com ele.
    Estou feliz e emocionado em saber e ver a história de irmãos de mais de 40 anos....eu era apenas um garoto......

    ResponderExcluir